9 results

Validade e confiabilidade da Escala de Avaliação da Alfabetização em Saúde quanto à adesão medicamentosa entre diabéticos

Maria Clara Lélis Ramos Cardoso ORCID logo , Aline Soares Figueiredo Santos ORCID logo , Adélia Dayane Guimarães Fonseca ORCID logo , Renê Ferreira da Silva Junior ORCID logo , Priscilla Durães de Carvalho ORCID logo , Andrea Maria Eleutério de Barros Lima Martins ORCID logo

DOI: 10.31744/einstein_journal/2019AO4405

RESUMO Objetivo Elaborar um instrumento para avaliar a alfabetização em saúde relacionada à adesão medicamentosa entre diabéticos, identificar a validade de seu conteúdo e estimar sua confiabilidade. Métodos Estudo piloto, cujas etapas de construção do instrumento foram revisão de literatura, validação de conteúdo e estimativa da confiabilidade (consistência interna/alfa de Cronbach e reprodutibilidade/Kappa). Resultados A validade de conteúdo foi concluída e apresentou valor de alfa=0,77 e o Kappa variou de 0,31 a 1,00. Conclusão O instrumento foi aprovado quanto à […]

Construção e validade de conteúdo de um instrumento para avaliação de quedas em idosos

Michele Bittencourt Silveira, Ricardo Pedrozo Saldanha, José Carlos de Carvalho Leite, Thamyres Oliveira Ferreira da Silva, Thiago Silva, Lidiane Isabel Filippin

DOI: 10.1590/S1679-45082018AO4154

RESUMO Objetivo Desenvolver e validar o conteúdo do Questionário on-line para Avaliação do Risco de Quedas em Idosos. Métodos A construção do instrumento foi baseada na Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF) da Organização Mundial da Saúde. Inicialmente, o conjunto de itens foi submetido à avaliação de juízes (profissionais da saúde com experiência em saúde do idoso), que puderam sugerir questões a serem incluídas/excluídas do instrumento, além de verificarem cada questão do questionário, observando se as dimensões a […]

European Organization for Research and Treatment of Cancer Quality of Life Questionnaire Core 30: modelos fatoriais em pacientes brasileiros com câncer

Juliana Alvares Duarte Bonini Campos, Maria Cláudia Bernardes Spexoto, Wanderson Roberto da Silva, Sergio Vicente Serrano, João Marôco

DOI: 10.1590/S1679-45082018AO4132

RESUMO Objetivo Avaliar as propriedades psicométricas dos sete modelos teóricos propostos na literatura para o European Organization for Research and Treatment of Cancer Quality of Life Questionnaire Core 30 (EORTC QLQ-C30), quando aplicados em uma amostra de pacientes brasileiros com câncer. Métodos As validades de conteúdo e de construto (fatorial, convergente, discriminante) foram avaliadas. Foi realizada análise fatorial confirmatória. A validade convergente foi avaliada pela variância média extraída. A validade discriminante foi analisada por meio de análise correlacional. A consistência […]

Tradução e adaptação para o português brasileiro da Lymphedema Rating Scale in Head and Neck Cancer

Débora dos Santos Queija, Lica Arakawa-Sugueno, Bruna Mello Chamma, Marco Aurélio Vamondes Kulcsar, Rogério Aparecido Dedivitis

DOI: 10.1590/S1679-45082017AO3995

RESUMO Objetivo: Traduzir, para o português brasileiro, adaptar culturalmente e testar as escalas de avaliação e classificação do linfedema cérvico-facial do MD Anderson Cancer Center Head and Neck Lymphedema Protocol (MDACC HNL) em pacientes submetidos ao tratamento para o câncer de cabeça e pescoço. Métodos: O processo seguiu as diretrizes internacionais e as etapas de tradução por dois cirurgiões de cabeça e pescoço, além de retrotradução de forma independente por dois nativos norte-americanos. O teste da versão final foi realizado […]

Adaptação transcultural e validação para o Brasil da Obesity-related Problems Scale

Andreia Mara Brolezzi Brasil, Fábio Brasil, Angélica Aparecida Maurício, Regina Maria Vilela

DOI: 10.1590/S1679-45082017AO4004

RESUMO Objetivo Validar uma versão confiável da Obesity-related Problems Scale em português para utilização no Brasil. Métodos A Obesity-related Problems Scale foi traduzida e adaptada transculturalmente. Posteriormente, foi autoaplicada simultaneamente à versão de 12 itens da World Health Organization Disability Assessment Schedule 2.0 (WHODAS 2.0) a 50 pacientes obesos e a 50 indivíduos não obesos, sendo reaplicada à metade deles após 14 dias. Resultados A Obesity-related Problems Scale foi capaz de diferenciar obesos de não obesos com maior acurácia que […]

Adaptação cultural, confiabilidade e validade do Japanese Orthopaedic Association Back Pain Evaluation Questionnaire para o português brasileiro

Patrícia Rios Poletto, Daiana Kerry Picanço Gobbo, Alberto Ofenhejm Gotfryd, Sabrina Nieto Catania, Daphine de Carvalho Sousa, Sarita Barbosa Sanches Pereira

DOI: 10.1590/S1679-45082017AO3890

RESUMO Objetivo Realizar a tradução e a adaptação cultural para a língua portuguesa do Brasil do Japanese Orthopaedic Association Back Pain Evaluation Questionnaire para avaliação de dor lombar, e verificar a confiabilidade e a validade da nova versão. Métodos A adaptação cultural foi realizada de acordo com as seguintes etapas: tradução, retrotradução, revisão por comitê e pré-teste (50 indivíduos). Após, as propriedades psicométricas foram avaliadas aplicando-se o questionário (teste) em 102 pacientes. A confiabilidade foi verificada por avaliação da homogeneidade […]

Confiabilidade teste-reteste da versão Brasileira do instrumento Memorial Symptom Assessment Scale para avaliação de sintomas em pacientes oncológicos

Josiane Roberta de Menezes, Bianca Maria Oliveira Luvisaro, Claudia Fernandes Rodrigues, Camila Drumond Muzi, Raphael Mendonça Guimarães

DOI: 10.1590/S1679-45082017AO3645

RESUMO Objetivo Avaliar a confiabilidade teste-reteste da versão traduzida e adaptada culturalmente para o português do Brasil do Memorial Symptom Assessment Scale. Métodos A escala foi aplicada em forma de entrevista em 190 pacientes com diversos tipos de câncer internados nos setores clínicos e cirúrgicos do Instituto Nacional de Câncer José de Alencar Gomes da Silva e reaplicada em 58 pacientes. Os dados dos testes-retestes foram inseridos num banco de dados por dupla digitação independente em Excel e analisados pelo […]

Versão reduzida da Depression Anxiety Stress Scale-21: ela é válida para a população brasileira adolescente?

Hítalo Andrade da Silva, Muana Hiandra Pereira dos Passos, Valéria Mayaly Alves de Oliveira, Aline Cabral Palmeira, Ana Carolina Rodarti Pitangui, Rodrigo Cappato de Araújo

DOI: 10.1590/s1679-45082016ao3732

RESUMOObjetivoAvaliar a reprodutibilidade interdias, a concordância e a validade do construto da versão reduzida da Depression Anxiety Stress Scale-21 aplicada a adolescentes. Método A amostra foi composta por adolescentes de ambos os sexos, com idades entre 10 e 19 anos, recrutados de escolas e centros esportivos. A validade de construto foi realizada por análise fatorial exploratória, e a confiabilidade foi calculada para cada construto, por meio de coeficiente de correlação intraclasse, erro padrão de medida e mudança mínima detectável.Resultados A […]

Validade de conteúdo do Instrumento de Avaliação da Saúde do Idoso

Rhaine Borges Santos Pedreira, Saulo Vasconcelos Rocha, Clarice Alves dos Santos, Lélia Renata Carneiro Vasconcelos, Martha Cerqueira Reis

DOI: 10.1590/S1679-45082016AO3455

RESUMOObjetivoAvaliar a validade de conteúdo do Instrumento de Avaliação da Saúde do Idoso com baixa escolaridade.Métodos Após a elaboração do instrumento de coleta de dados, o questionário foi submetido à avaliação de um comitê de especialistas, formado por quatro profissionais da área da saúde com experiência em pesquisas da epidemiologia do envelhecimento. Os especialistas puderam sugerir questões a serem incluídas/excluídas do instrumento, e avaliar cada bloco do questionário, observando se as dimensões a serem avaliadas foram abrangidas pelos itens do […]