4 results

Comparação das razões neutrófilo-linfócito e plaqueta-linfócito de indivíduos normoglicêmicos e hiperglicêmicos

Brena Barros Mendes ORCID logo , Anniely Carvalho Rebouças Oliveira ORCID logo , Keila Correia de Alcântara ORCID logo

DOI: 10.31744/einstein_journal/2019AO4403

RESUMO Objetivo: Comparar a razão neutrófilo-linfócito e a razão plaqueta-linfócito como possíveis parâmetros de inflamação sistêmica em indivíduos hiperglicêmicos e normoglicêmicos. Métodos: Estudo transversal retrospectivo, em que foram coletados dados dos pacientes que realizaram glicemia em jejum, hemoglobina glicada (HbA1c) e hemograma na mesma data, entre julho e dezembro de 2016. Os pacientes foram divididos em um Grupo Hiperglicêmico e um Grupo Normoglicêmico, pareados por idade e sexo. Os dados foram analisados no Epi Info™, versão 7.2.1.0, em plataforma Windows®. […]

Análise da expressão do gene da proteína beta-traço na urina de pacientes com diabetes mellitus tipo 2

Marcelo Rodrigues Bacci, Beatriz da Costa Aguiar Alves, Marina Romera Cavallari, Ligia Ajaime Azzalis, Ross Martin de Rozier-Alves, Matheus Moreira Perez, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082017AO4012

RESUMO Objetivo: Avaliar a expressão do gene da proteína beta-traço na urina de pacientes diabéticos, sem redução na taxa de filtração glomerular, definida como abaixo de 60mL/min/1,73m2. Métodos: Foram recrutados pacientes com diabetes mellitus tipo 2, e um grupo de indivíduos não diabéticos serviu como controle. A expressão do gene da proteína beta-traço foi analisada por PCR quantitativa. Amostras de sangue foram coletadas para estabelecer níveis de glicemia e função renal inicial. A acurácia foi analisada utilizando curvas ROC. Resultados: […]

Variáveis clínicas e sociodemográficas associadas com o estresse relacionado ao diabetes em pacientes com diabetes mellitus tipo 2

Flávia Cristina Zanchetta, Danilo Donizetti Trevisan, Priscila Peruzzo Apolinario, Juliana Bastoni da Silva, Maria Helena de Melo Lima

DOI: 10.1590/S1679-45082016AO3709

RESUMOObjetivo:Avaliar a relação entre o estresse relacionado ao diabetes e as características clínicas e sociodemográficas de pacientes com diabetes mellitus do tipo 2.Métodos:Estudo transversal com base na análise secundária de dados coletados em um ambulatório de atendimento terciário no Brasil. Os participantes preencheram um questionário sobre as características sociodemográficas e clínicas, e a versão brasileira da Diabetes Distress Scale (B-DDS).Resultados:Aproximadamente 31% dos 130 pacientes elegíveis relataram estresse relacionado ao diabetes, e a média do escore da B-DDS foi de 2,6. […]

Programa de treinamento físico resistido ondulatório aumenta a força máxima de idosos diabéticos tipo 2

Gilberto Monteiro dos Santos, Fábio Tanil Montrezol, Luciana Santos Souza Pauli, Angélica Rossi Sartori-Cintra, Emilson Colantonio, Ricardo José Gomes, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082014AO3162

ObjetivoVerificar os efeitos de um protocolo de treinamento físico resistido ondulatório nos ganhos de força máxima em idosos diabéticos do tipo 2.MétodosParticiparam do estudo 48 indivíduos, com idade entre 60 e 85 anos, de ambos os gêneros. Eles foram divididos em dois grupos: Idosos Diabéticos Não Treinados (n=19), com aqueles não submetidos ao treinamento físico, e Idosos Diabéticos Treinados (n=29), que foram submetidos ao protocolo de treinamento físico resistido ondulatório. Os idosos foram avaliados em diversos equipamentos de musculação, antes […]