Todos as publicações de “Milena Siciliano Nascimento”

3 results

Mistura hélio-oxigênio: aplicabilidade clínica em unidade de terapia intensiva

Milena Siciliano Nascimento ORCID logo , Érica Santos ORCID logo , Cristiane do Prado ORCID logo

DOI: 10.31744/einstein_journal/2018AO4199

RESUMO Objetivo Avaliar se o desconforto diminui após o uso da mistura hélio-oxigênio em pacientes pediátricos com diagnóstico de broncoespasmo. Métodos Estudo retrospectivo, não randomizado, no qual foram incluídos pacientes com diagnóstico de broncoespasmo que utilizaram a mistura hélio-oxigênio em três momentos (30, 60 e 120 minutos), seguindo o protocolo institucional, internados em unidade de terapia intensiva pediátrica de janeiro de 2012 a dezembro 2013. Este protocolo incluía pacientes com diagnóstico de broncoespasmo que mantivessem escore de Wood modificado de […]

Teste de respiração espontânea na previsão de falha de extubação em população pediátrica

Milena Siciliano Nascimento, Celso Moura Rebello, Luciana Assis Pires Andrade Vale, Érica Santos, Cristiane do Prado

DOI: 10.1590/S1679-45082017AO3913

RESUMO Objetivo Avaliar se o teste de respiração espontânea pode ser utilizado para predizer falha da extubação na população pediátrica. Métodos Estudo prospectivo, observacional, no qual foram avaliados todos os pacientes internados no Centro de Terapia Intensiva Pediátrica, no período de maio de 2011 a agosto de 2013, que utilizaram ventilação mecânica por mais de 24 horas e que foram extubados. Os pacientes foram classificados em dois grupos: Grupo Teste, que incluiu os pacientes extubados depois do teste de respiração […]

Fatores de risco para estridor pós-extubação em crianças: o papel da cânula orotraqueal

Milena Siciliano Nascimento, Cristiane Prado, Eduardo Juan Troster, Naiana Valério, Marcela Batan Alith, João Fernando Lourenço de Almeida

DOI: 10.1590/S1679-45082015AO3255

ObjetivoDeterminar os fatores de risco associados ao estridor, com especial atenção para o papel da cânula orotraqueal.MétodosAnálise prospectiva de todos os pacientes entubados submetidos à ventilação mecânica no período de janeiro de 2008 a abril de 2011. Os fatores relevantes para estridor coletados foram idade, peso, tamanho e tipo da cânula orotraqueal, diagnóstico, e duração da ventilação mecânica. Os efeitos das variáveis sobre estridor foram avaliados utilizando modelos de regressão logística uni e multivariada.ResultadosForam incluídos 136 pacientes. A média de […]