Seções | Submissão do manuscrito

 

As normas que se seguem devem ser obedecidas para todos os tipos de trabalhos e foram baseadas no formato proposto pelo International Committee of Medical Journal Editors (ICMJE), publicado no artigo Uniform requirements for manuscripts submitted to biomedical journals, disponível no endereço eletrônico http://www.icmje.org/recommendations/browse/manuscript-preparation.

 

Requisitos técnicos

Os autores devem submeter os artigos contendo:

  • Texto digitado em espaço duplo, fonte Arial, tamanho 12, margem 2,5cm de cada lado, destacando cada seção do artigo.
  • Permissão para reprodução do material e carta de transferência dos direitos autorais (disponível no sistema de submissão eletrônica).
  • Declaração dos autores de que o manuscrito não está sendo avaliado e nem será submetido à publicação em outro periódico (disponível no sistema de submissão eletrônica).
  • Aprovação do Comitê de Ética em Pesquisas com Seres Humanos ou Animais da instituição onde o trabalho foi realizado, indicando número do Certificado de Apresentação para Apreciação Ética (CAAE; http://plataformabrasil.saude.gov.br/login.jsf).
  • Termo de Consentimento Livre Esclarecido (TCLE), quando referente a artigos de pesquisa envolvendo seres humanos.
  • Declaração de inexistência de conflitos de interesse de cada autor (disponível no sistema de submissão eletrônica).

Preparo do manuscrito

Título

Título do artigo, em português e inglês, que deve ser conciso, porém informativo.

Resumo

Resumo, em português e inglês, de não mais que 250 palavras. Para os artigos originais, devem ser estruturados (Objetivo, Métodos, Resultados, Conclusão), con­­tendo as principais partes do trabalho e ressaltando os dados mais significativos. Para os artigos das demais seções, o resumo não deve ser estruturado.

Descritores

Especificar, no mínimo, cinco e, no máximo, dez descritores, em português e inglês, que definam o assunto do trabalho. Os descritores devem ser baseados nos Descritores em Ciências da Saúde (DeCS) publicado pela Bireme, que é uma tradução do Medical Subject Headings (MeSH), da National Library of Medicine, e está disponível no endereço eletrônico: http://decs.bvs.br.

Registro na base de Ensaios Clínicos

Indicar, para os Ensaios Clínicos, o número de registro em uma base de Ensaios Clínicos, como por exemplo,  https://clinicaltrials.gov.* 

* Nota importante: a einstein (São Paulo), em apoio às políticas para registro de ensaios clínicos da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do ICMJE, reconhece a importância destas iniciativas para o registro e a divulgação internacional de informação sobre estudos clínicos e somente aceita para publicação artigos de pesquisas clínicas que tenham recebido um número de identificação em um dos Registros de Ensaios Clínicos validados pelos critérios estabelecidos pela OMS e pelo ICMJE, disponíveis no endereço https://clinicaltrials.gov ou no site do PubMed, no item <clinicaltrials.gov>. O número de identificação deve ser apresentado ao final do resumo.

Texto

Deve obedecer a estrutura exigida para cada categoria de artigo. Em todas as categorias de artigos, a citação dos autores no texto deve ser numérica e sequencial, utilizando algarismos arábicos entre parênteses e sobrescritos. As abreviaturas e siglas devem ser precedidas dos termos por extenso, quando citadas pela primeira vez no texto, e não devem ser usadas no título e no resumo. As abreviaturas nas legendas das tabelas e figuras devem ser acompanhadas de seu significado.

Agradecimentos

Inclui colaborações de pessoas que merecem reconhecimento, mas que não justificam sua inclusão como autor. Inserir agradecimentos por apoio financeiro, auxílio técnico etc.

Referências

Devem ser numeradas consecutivamente, na mesma ordem em que foram citadas no texto, e identificadas com números arábicos. A apresentação deve estar baseada no formato denominado Vancouver Style, e os títulos de periódicos devem ser abreviados de acordo com o estilo apresentado pela List of Journals Indexed in Index Medicus, da National Library of Medicine, disponibiliza­dos no endereço: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/nlmcatalog/journals. Para todas as referências, citar todos os autores, até o sexto. Acima de seis, citar os seis primeiros, seguidos da expressão et al., conforme exemplos a seguir:

 

Artigos de periódicos eletrônicos

Silva AA, Carlotto J, Rotta I. Padronização da ordem de infusão de medicamentos antineoplásicos utilizados no tratamento dos cânceres de mama e colorretal. einstein (São Paulo). 2018;16(1):eRW4074.

Lo WC, Li W, Jones EF, Newitt DC, Kornak J, Wilmes LJ, et al. Effect of imaging parameter thresholds on MRI prediction of neoadjuvant chemotherapy response in breast cancer subtypes. PLoS One. 2016;11(2):e0142047.

Livros

Tollesfsboll TO, editor. Biological aging. Methods and protocols. New Jersey: Humana Press; 2007.

Capítulo de livros

Lui l, Keefe DL. Nuclear transfer methods to study aging. In: Tollesfsboll TO, editor. Biological aging. Methods and protocols. New Jersey: Humana Press; 2007. p.191-207.

Trabalhos apresentados em congressos

Salvalaggio PR, Coelho MP, Hidalgo R, Afonso RC, Ferraz-Neto BH. Keep your eyes on the enzymes.
Grading early allograft dysfunction in liver transplantation. Liver Transpl. 2011;17(6):S294-S294. [Presented at Joint International Congress of ILTS, ELITA, and LICAGE; 2011 Jun 22-25; Valencia, Spain].

Teses

Silva RP. Aspectos genético-moleculares do sono e da privação de sono em humanos e roedores [tese]. São Paulo: Universidade Federal de São Paulo; 2013.

Tabelas

Todas as tabelas (no máximo quatro) devem ter título e cabeçalho para suas colunas e estar citadas no texto. A numeração das tabelas deve ser sequencial, em algarismos arábicos, na ordem em que foram citadas no texto. No rodapé da tabela, deve constar legenda para abreviaturas e testes estatísticos utilizados.

Figuras

Todas as figuras (imagens, gráficos, fotografias e ilustrações) devem estar citadas no texto e ser submetidas no tamanho exato ou acima do pretendido para a publicação. Serão aceitas no máximo quatro figuras por artigo. A numeração deve ser sequencial, em algarismos arábicos, na ordem em que foram citadas no texto. Se as figuras já tiverem sido publicadas, deverão vir acompanhadas de autorização por escrito do autor/editor, constando, na legenda da ilustração, a fonte original de publicação. Quando gravadas em arquivos digitais, a resolução deverá seguir as seguintes instruções:

 

Diretrizes para formatação de figuras

Tipo de imagem Descrição Exemplo Formato recomendado Cor Modo de resolução
Linha de arte Imagem composta de linhas e texto que não contém tonalidade ou áreas sombreadas   tif ou eps Monocromático 1 bit ou RGB 900 a 1.200 dpi
Tonalidade média Tom fotográfico contínuo que não contém texto   tif RGB ou escala de cinza 300 dpi
Combo Imagem de meio tom mais texto ou elementos da linha de arte   tif ou eps RGB ou escala de cinza 500 a 900 dpi

Exemplo da linha de arte foi retirado de: Loureiro LV, Callegaro Filho D, Rocha Ade A, Prado BL, Mutão TS, Donnarumma Cdel C, et al. Is there publication bias towards Brazilian articles on cancer. einstein (São Paulo). 2013;11(1):15-22.

Exemplo de tonalidade média foi retirado de: Pavon LF, Marti LC, Sibov TT, Miyaki LA, Malheiros SM, Mamani JB, et al. Isolation, cultivation and characterization of CD133+ stem cells from human glioblastoma. einstein (São Paulo). 2012;10(2):197-202.

Exemplo de combo foi retirado de: Souza CL, Perini GF, Hamerschlak N, Silveira PA. Plasma cell leukemia. einstein (São Paulo). 2013;11(1):132.

Fonte: traduzido e adaptado de http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/pub/filespec-images/#fig-format