20 results

O papel da ressonância magnética na doença de Ménière: a avaliação da hidropsia endolinfática nos dias atuais

Rafael Maffei Loureiro ORCID logo , Daniel Vaccaro Sumi ORCID logo , Marcelo Delboni Lemos ORCID logo , Hugo Luis de Vasconcelos Chambi Tames ORCID logo , Regina Lucia Elia Gomes ORCID logo , Mauro Miguel Daniel ORCID logo , [...]

DOI: 10.31744/einstein_journal/2019MD4743

RESUMO Os avanços técnicos na ressonância magnética têm permitido detectar e classificar com acurácia a distensão do espaço endolinfático na doença de Ménière; isso só era possível nos estudos histológicos post-mortem até poucos anos atrás. Além de afastar outras causas de vertigem e de perda auditiva, a ressonância magnética é capaz de avaliar os compartimentos coclear e vestibular do espaço endolinfático por meio de um protocolo dedicado.

Ressonância magnética funcional para avaliação clínica da contratilidade uterina

Vinicius Adami Vayego Fornazari, Stela Adami Vayego, Denis Szejnfeld, Jacob Szejnfeld, Suzan Menasce Goldman

DOI: 10.1590/S1679-45082018MD3863

RESUMO A contratilidade uterina fora da fase gestacional, durante o ciclo menstrual e as habituais variações funcionais do órgão, é um dos mecanismos responsáveis pela reprodução e fertilidade, devido sua ação direta nos mecanismos de condução dos espermatozoides até o óvulo e na implantação decidual. Patologias como leiomioma uterino, endometriose, adenomiose, síndrome dos ovários policísticos, bem como o uso de dispositivos intrauterinos e anticoncepcionais orais, podem alterar a funcionalidade da contratilidade uterina. Desta forma a ressonância magnética com sequências ultra-rápidas […]

Aspectos de imagens em exames de ressonância magnética de tumores hepáticos tratados com radioterapia interna seletiva transarterial com ítrio-90

Breno Boueri Affonso, Joaquim Maurício da Motta-Leal-Filho, Francisco de Assis Cavalcante Jr., Francisco Leonardo Galastri, Rafael Noronha Cavalcante, Priscila Mina Falsarella, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082017RC4015

RESUMO A radioterapia interna seletiva transarterial com ítrio-90, também conhecida como radioembolização, é uma terapia baseada na administração de microesferas de resina ou vidro carregadas com o radioisótopo ítrio-90, via cateterismo arterial seletivo dos vasos nutridores do tumor. É classificada como um tipo de terapia locorregional e seu principal objetivo é tratar pacientes portadores de lesões hepáticas primárias ou secundárias irressecáveis e não responsivas a outras terapias. Por se tratar de uma nova tecnologia, portanto ainda restrita a pouquíssimos hospitais […]

Avaliação dos dados da requisição médica e do questionário prévio ao exame de ressonância magnética da mama em pacientes portadoras de implantes de silicone

Jaime Anger, Pablo Eduardo Elias, Paula de Camargo Moraes, Nelson Hamerschlak

DOI: 10.1590/S1679-45082017AO4147

RESUMO Objetivo: Analisar a qualidade e a quantidade de dados que constam nos questionários e nas requisições médicas de exame de ressonância magnética. Métodos: Estudo retrospectivo com 300 prontuários de pacientes. Dos questionários, foram utilizados os seguintes dados: idade, razão para a realização do exame, motivo para a colocação da prótese, referência a sinal ou sintoma, tempo decorrido desde a cirurgia de implante da prótese atual, se a cirurgia foi de troca da prótese, e se foi submetida à radioterapia […]

Achados de imagem na ressonância magnética multiparamétrica dos leiomiomas prostáticos puros

Thais Caldara Mussi, Yves Bohrer Costa, Marcos Takeo Obara, Marcos Roberto Gomes de Queiroz, Rodrigo Gobbo Garcia, José Antonio Domingos Cianciarulo Longo, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082016AO3715

RESUMOObjetivo:Descrever os achados de imagem de tumores prostáticos não adenocarcinoma na ressonância magnética multiparamétrica.Métodos:Realizaram ressonância magnética multiparamétrica da próstata para detecção de câncer de próstata 200 pacientes de agosto de 2013 a setembro de 2014, seguida por biópsia com fusão de imagens de ultrassonografia/ressonância magnética.Resultados:Encontramos três casos confirmados histologicamente de leiomiomas prostáticos puros (0,02%) em nossa casuística e descrevemos os achados da ressonância magnética multiparamétrica destes casos de leiomiomas. Os achados de imagem foram semelhantes aos de lesões com moderada […]

O cisto sinovial hemorrágico lombar pode causar compressão radicular aguda? Relato de caso

Luciana Sátiro Timbó, Laercio Alberto Rosemberg, Reynaldo André Brandt, Ricardo Botticini Peres, Olavo Kyosen Nakamura, Juliana Frota Guimarães

DOI: 10.1590/S1679-45082014RC3008

Cistos sinoviais da coluna lombar são uma causa incomum de dor na coluna e radiculopatia, geralmente com evolução gradual dos sintomas, que são secundários ao comprometimento do canal vertebral. Raramente, há hemorragia intracística, que pode se manifestar de forma aguda com síndrome compressiva radicular ou mesmo medular. Habitualmente, os cistos sinoviais associam-se a doença degenerativa facetária, embora a patogênese não esteja completamente estabelecida. Relatamos aqui um caso em que uma complicação hemorrágica em um cisto sinovial no nível L2-L3, adjacente […]

Zigomicose rino facial: relato de caso

Juliana Miguita e Souza, Antonio José Sproesser Junior, Alexandre Felippu Neto, Florencia Barbero Fuks, Carlos Augusto Cardim de Oliveira

DOI: 10.1590/s1679-45082014rc2579

A zigomicose é uma doença invasiva, que acomete tanto imunocompetentes como imunocomprometidos, dependendo do tipo da cepa. O diagnóstico é clínico e histopatológico, e o tratamento é baseado em antifúngico e em limpeza cirúrgica. O presente relato de caso é sobre um menino com zigomicose rinofacial invasiva com tratamento final bem-sucedido, após terapias antifúngicas e limpezas cirúrgicas.

Sobrecarga de ferro em adolescente com xerocitose: a importância da ressonância nuclear magnética

Reijâne Alves de Assis, Carolina Kassab, Fernanda Salles Seguro, Fernando Ferreira Costa, Paulo Augusto Achucarro Silveira, John Wood, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082013000400022

Relatar um caso de sobrecarga de ferro secundária à xerocitose, uma doença rara, em uma adolescente, diagnosticada por meio de ressonância magnética em T2*. Relatamos o caso de uma paciente sintomática com xerocitose, nível de ferritina de 350ng/mL e sobrecarga de ferro cardíaca significativa. Ela foi diagnosticada por ressonância magnética em T2* e recebeu terapia de quelação. Análise por ectacitometria confirmou o diagnóstico de xerocitose hereditária. Na sequência, a ressonância magnética em T2* demonstrou resolução completa da sobrecarga de ferro […]

Alta correlação entre ultrassonografia com contraste de microbolhas, ressonância magnética e histopatologia na avaliação do carcinoma hepatocelular

Marcos Roberto Gomes de Queiroz, Miguel José Francisco Neto, Rodrigo Gobbo Garcia, Antonio Rahal Junior, Paolo Salvalaggio, Marcelo Buarque de Gusmão Funari

DOI: 10.1590/S1679-45082013000400017

Objetivo:Avaliar a eficácia da ultrassonografia com contraste de microbolhas no diagnóstico do carcinoma hepatocelular e comparar seus resultados com os de ressonância magnética e anatomia patológica.MÉTODOS:Foram avaliados 29 hepatopatas crônicos candidatos ao transplante pelo programa de transplante hepático do Hospital Israelita Albert Einstein. Esses pacientes foram submetidos a ressonância magnética, ultrassonografia com contraste de microbolhas e biópsia hepática excisional.RESULTADOS:Houve concordância ótima entre os resultados da ultrassonografia com contraste de microbolhas e aqueles da ressonância magnética. Notou-se concordância moderada entre os […]

Alterações endometriais após embolização de leiomiomas uterinos avaliadas por ressonância magnética de alto campo (3 Tesla)

Monica Amadio Piazza Jacobs, Felipe Nasser, Eduardo Zlotnik, Marcos de Lorenzo Messina, Ronaldo Hueb Baroni

DOI: 10.1590/S1679-45082013000100011

Objetivo:Avaliar alterações endometriais relacionadas à embolização de artérias uterinas para tratamento da leiomiomatose uterina sintomática (dor pélvica e/ou sangramento uterino), por meio de ressonância magnética de alto campo (3 Tesla).MÉTODOS:Estudo longitudinal e prospectivo, no qual foram incluídas 94 pacientes com diagnóstico clínico e por imagem de leiomiomatose uterina sintomática, todas tratadas por meio de procedimento de embolização das artérias uterinas. As pacientes foram submetidas a avaliações por ressonância magnética de alto campo da pelve antes e 6 meses após o […]

1 2