einstein (São Paulo). 01/jul/2017;15(3):313-21.

Adaptação cultural, confiabilidade e validade do Japanese Orthopaedic Association Back Pain Evaluation Questionnaire para o português brasileiro

Patrícia Rios Poletto, Daiana Kerry Picanço Gobbo, Alberto Ofenhejm Gotfryd, Sabrina Nieto Catania, Daphine de Carvalho Sousa, Sarita Barbosa Sanches Pereira

DOI: 10.1590/S1679-45082017AO3890

RESUMO

Objetivo

Realizar a tradução e a adaptação cultural para a língua portuguesa do Brasil do Japanese Orthopaedic Association Back Pain Evaluation Questionnaire para avaliação de dor lombar, e verificar a confiabilidade e a validade da nova versão.

Métodos

A adaptação cultural foi realizada de acordo com as seguintes etapas: tradução, retrotradução, revisão por comitê e pré-teste (50 indivíduos). Após, as propriedades psicométricas foram avaliadas aplicando-se o questionário (teste) em 102 pacientes. A confiabilidade foi verificada por avaliação da homogeneidade e da estabilidade das medidas. A validade de critério foi testada comparando-se as pontuações do Japanese Orthopaedic Association Back Pain Evaluation Questionnaire com os questionários Oswestry e Medical Outcomes Study 36 – Item Short.

Resultados

Observou-se excelente consistência interna no pré-teste (Cronbach α de 0,90) e no teste (Cronbach α de 0,91). O Japanese Orthopaedic Association Back Pain Evaluation Questionnaire apresentou boa confiabilidade, e as correlações variaram de razoável (0,64) a muito boa (r=0,91).

Conclusão

A versão em língua portuguesa do Brasil é de fácil aplicação e compreensão, além de apresentar grande acréscimo na avaliação e no cuidado multidimensional de pacientes portadores de dor lombar.

Adaptação cultural, confiabilidade e validade do Japanese Orthopaedic Association Back Pain Evaluation Questionnaire para o português brasileiro

Comentários