4 results

Monitoramento da terapia com anticorpo policlonal antilinfócitos T em transplantados renais: comparação da contagem de células T CD3+ e de linfócitos totais

Fabiani Palagi Machado ORCID logo , Alessandra Rosa Vicari ORCID logo , Fábio Spuldaro ORCID logo , João Batista Saldanha de Castro Filho ORCID logo , Roberto Ceratti Manfro ORCID logo

DOI: 10.31744/einstein_journal/2018AO4278

RESUMO Objetivo: Investigar a correlação entre a contagem de linfócitos totais e células T CD3+ no sangue periférico em receptores de transplante renal submetidos a tratamento com globulina antitimocitária, e discutir resultados relacionados. Métodos: Estudo retrospectivo de centro único envolvendo 226 pacientes submetidos a transplante renal entre 2008 e 2013 e tratados com globulina antitimocitária, para fins de indução ou tratamento de rejeição celular. As doses foram ajustadas de acordo com a contagem de células T CD3+ ou linfócitos totais […]

Orientação farmacêutica na alta hospitalar de pacientes transplantados: estratégia para a segurança do paciente

Lívia Falcão Lima, Bruna Cristina Cardoso Martins, Francisco Roberto Pereira de Oliveira, Rafaela Michele de Andrade Cavalcante, Vanessa Pinto Magalhães, Paulo Yuri Milen Firmino, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082016AO3481

RESUMOObjetivo:Descrever e analisar a orientação farmacêutica oferecida na alta de pacientes transplantados. Metódos: Trata-se de um estudo transversal, descritivo e retrospectivo, que utilizou os registros das orientações realizadas pelo farmacêutico clínico na unidade de internação do Serviço de Transplante Renal e Hepático, Hospital Universitário Walter Cantídio, em Fortaleza (CE), de janeiro a julho de 2014. Foram analisadas, de acordo com sua significância e desfechos clínicos obtidos, as seguintes variáveis registradas no Banco de Dados do Serviço de Farmácia Clínica: orientações […]

Ampliando o pool de doadores de rim: utilização de órgãos com disfunção renal aguda

Ana Cristina Carvalho de Matos, Lúcio Roberto Requião-Moura, Gabriela Clarizia, Marcelino de Souza Durão Junior, Eduardo José Tonato, Rogério Chinen, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082015RW3147

RESUMODiante da escassez de órgãos para transplante, algumas estratégias têm sido adotadas pela comunidade transplantadora, no sentido de ampliar a oferta de órgãos. Uma delas é a utilização de rins de doadores com critérios expandidos, ou seja, doadores com idade >60 anos ou entre 50 e 59 anos, e que atendem a dois ou mais dos seguintes critérios: história de hipertensão, creatinina sérica terminal >1,5mg/dL e acidente vascular cerebral como causa de morte do doador. Nesta revisão, foi dada ênfase […]

Comparação entre a nefrectomia laparoscópica e a nefrectomia subcostal como acessos cirúrgicos para nefrectomia do doador

Hideki Kanashiro, Roberto Iglesias Lopes, Fernando Akira Saito, Anuar Ibrahim Mitre, Francisco Tibor Denes, José Luis Chambô, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082010AO1671

RESUMO Objetivos: O objetivo deste estudo foi comparar a nefrectomia radical laparoscópica e a nefrectomia subcostal do doador. Métodos: Foi realizado um estudo prospectivo e não randomizado dos pacientes submetidos entre Janeiro 2005 e Dezembro 2007 a nefrectomia para doação renal na Unidade de Transplante Renal do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (118 casos de nefrectomia subcostal do doador; 57 casos de nefrectomia radical laparoscópica). Resultados: Tempo cirúrgico, tempo de internação hospitalar do […]