34 results

Mediadores imunoinflamatórios na patogênese do diabetes mellitus

Bárbara Festa Gomes ORCID logo , Camila de Melo Accardo ORCID logo

DOI: 10.31744/einstein_journal/2019RB4596

RESUMO Caracterizado como uma síndrome metabólica de múltiplas consequências para a vida de seus portadores, o diabetes mellitus é também classificado como uma doença crônica não transmissível de grande abrangência no mundo. Trata-se de uma doença complexa, com diversos pontos de vista, dentre eles a relação entre processo inflamatório, obesidade e resistência à ação da insulina, devido à atuação dos diversos mediadores imunoinflamatórios, chamados de adipocinas, sobre a homeostase glicêmica. Recentes estudos têm abordado justamente este aspecto para o desenvolvimento […]

Nanotecnologia e as células progenitoras adultas multipotentes na Medicina Reparativa: perspectivas terapêuticas

Angela Mazzeo ORCID logo , Enrico Jardim Clemente Santos ORCID logo

DOI: 10.31744/einstein_journal/2018RB4587

RESUMO A biologia das células-tronco é um dos campos mais dinâmicos e promissores das ciências biológicas, pois é a base do desenvolvimento dos organismos. Sua complexidade biológica demanda esforços de diversas linhas de pesquisa, visando principalmente à sua utilização terapêutica. A Nanotecnologia surge como um novo campo de estudo, o qual demonstra grande potencial no que tange ao tratamento de diversas doenças. Esta nova área da saúde vem sendo denominada “Nanomedicina” ou “Bionanotecnologia”, a qual pode ser aplicada na Medicina […]

Engenharia de tecidos cardíacos: atual estado da arte a respeito de materiais, células e formação tecidual

Isabella Caroline Pereira Rodrigues ORCID logo , Andreas Kaasi ORCID logo , Rubens Maciel Filho ORCID logo , André Luiz Jardini ORCID logo , Laís Pellizzer Gabriel ORCID logo

DOI: 10.1590/S1679-45082018RB4538

RESUMO Doenças cardiovasculares são responsáveis pelo maior número de mortes no mundo. O coração possui capacidade de regeneração limitada, e o transplante, por consequência, representa a única solução em alguns casos, apresentando várias desvantagens. A engenharia de tecidos tem sido considerada a estratégia ideal para a medicina cardíaca regenerativa. Trata-se de uma área interdisciplinar, que combina muitas técnicas as quais buscam manter, regenerar ou substituir um tecido ou órgão. A abordagem principal da engenharia de tecidos cardíacos é criar enxertos […]

Controle da adiposidade por mTORC1

Juliana Magdalon, William Tadeu Festuccia

DOI: 10.1590/S1679-45082017RB4106

RESUMO A obesidade é caracterizada pelo aumento excessivo da massa de tecido adiposo, estando associada à maior incidência de diversas doenças metabólicas crônicas, como diabetes tipo 2. Sua crescente prevalência é uma questão de saúde pública, e faz-se importante compreender melhor sua etiologia, para desenvolver novas estratégias terapêuticas. As evidências acumuladas por muitos anos indicam que a obesidade está associada à significativa ativação no tecido adiposo do complexo 1 da proteína alvo mecanístico da rapamicina (mTORC1), uma via de sinalização […]

Terapia gênica: avanços, desafios e perspectivas

Giulliana Augusta Rangel Gonçalves, Raquel de Melo Alves Paiva

DOI: 10.1590/S1679-45082017RB4024

RESUMO A habilidade de fazer modificações pontuais no genoma humano tem sido o objetivo da medicina desde o conhecimento do DNA como unidade básica da hereditariedade. Entende-se terapia gênica como a capacidade do melhoramento genético por meio da correção de genes alterados (mutados) ou modificações sítio-específicas, que tenham como alvo o tratamento terapêutico. Este tipo de procedimento tornou-se possível por conta dos avanços da genética e da bioengenharia, que permitiram a manipulação de vetores para a entrega do material extracromossomal […]

Transtornos do espectro autista: um guia atualizado para aconselhamento genético

Karina Griesi-Oliveira, Andréa Laurato Sertié

DOI: 10.1590/S1679-45082017RB4020

RESUMO O transtorno do espectro autista é um distúrbio complexo e geneticamente heterogêneo, o que sempre dificultou a identificação de sua etiologia em cada paciente em particular e, por consequência, o aconselhamento genético das famílias. Porém, nas últimas décadas, o acúmulo crescente de conhecimento oriundo das pesquisas sobre os aspectos genéticos e moleculares desta doença, assim como o desenvolvimento de novas ferramentas de diagnóstico molecular, tem mudado este cenário de forma substancial. Atualmente, estima-se que, por meio de testes moleculares, […]

Aplicação da toxina botulínica no tratamento da sialorreia em pacientes com esclerose lateral amiotrófica: revisão da literatura

Ademar Francisco de Oliveira Filho, Gêssyca Adryene de Menezes Silva, Débora Milenna Xavier Almeida

DOI: 10.1590/S1679-45082016RB3594

RESUMOEsclerose lateral amiotrófica é uma doença neurodegenerativa progressiva e fatal, caracterizada pela degeneração dos neurônios motores, as células do sistema nervoso central que controlam os movimentos voluntários dos músculos. A salivação excessiva (sialorreia) está presente em cerca de 50% dos casos de esclerose lateral amiotrófica. Dessa forma, surgem medidas terapêuticas alternativas como drogas anticolinérgicas e cirurgia, e recentemente, o uso da toxina botulínica, aplicada em um ponto central das glândulas salivares, muitas vezes guiado por ultrassonografia, demostrou resultados positivos. Objetivou-se […]

Gastroenterite por rotavírus do grupo A: era pós-vacinal, genótipos e transmissão zoonótica

Adriana Luchs, Maria do Carmo Sampaio Tavares Timenetsky

DOI: 10.1590/S1679-45082016RB3582

RESUMOEste artigo fornece uma revisão sobre imunidade, diagnóstico e aspectos clínicos da doença causada por rotavírus. Também aponta as principais mudanças no perfil epidemiológico da doença diarreica e na diversidade genética das cepas circulantes de rotavírus do grupo A, após a introdução vacinal. O rotavírus do grupo A é o principal patógeno associado à gastroenterite em animais. Seu genoma RNA segmentado pode levar ao surgimento de cepas novas ou incomuns na população humana, por meio de transmissão entre espécies e […]

Avanços na utilização de nanocarreadores no tratamento e no diagnóstico de câncer

Débora Braga Vieira, Lionel Fernel Gamarra

DOI: 10.1590/S1679-45082016RB3475

RESUMOA utilização de nanocarreadores como sistemas de entrega de drogas para agentes terapêuticos ou de imagem pode aumentar as propriedades farmacológicas dos compostos normalmente utilizados no tratamento e diagnóstico de câncer. Avanços em engenharia de superfície de nanopartículas para a acomodação de ligantes alvo têm feito dos nanocarreadores candidatos atrativos para um futuro trabalho envolvendo entrega de droga direcionada. Embora não direcionados, muitos nanocarreadores terapêuticos foram aprovados para uso clínico no tratamento e/ou diagnóstico de vários tipos de câncer. Além […]

Espermatogônias-tronco como uma alternativa para a preservação da fertilidade de meninos pré-púberes

Andrea Giannotti Galuppo

DOI: 10.1590/S1679-45082015RB3456

RESUMOAs espermatogônias-tronco, presentes nos testículos desde o nascimento, são as células progenitoras dos gametas masculinos, e, desse modo, críticas para o processo de espermatogênese. Antes da puberdade, essas células não são capazes de produzir espermatozoides maduros, o que só ocorrerá após o estímulo hormonal. Essa característica do sistema reprodutivo limita a possibilidade de preservação da fertilidade apenas para homens capazes de produzir um ejaculado. Tal fato coloca em evidência o aumento nas taxas de sobrevivência de crianças com câncer nas […]

1 2 3 4