6 results

Drenagem percutânea de abscesso de iliopsoas: uma opção efetiva em casos não candidatos à cirurgia

Diego Lima Nava Martins ORCID logo , Francisco de Assis Cavalcante Junior ORCID logo , Priscila Mina Falsarella ORCID logo , Antonio Rahal Junior ORCID logo , Rodrigo Gobbo Garcia ORCID logo

DOI: 10.1590/S1679-45082018RC4254

RESUMO Os objetivos deste estudo foram descrever a técnica de drenagem percutânea de abscesso de iliopsoas e discutir os benefícios do uso desta ferramenta minimamente invasiva. Trata-se de estudo unicêntrico com análise retrospectiva de pacientes com abscesso de psoas confirmado por exames de imagem, encaminhados a um centro de medicina intervencionista e submetidos à drenagem percutânea guiada por tomografia computadorizada e ultrassonografia, de novembro de 2013 a agosto de 2016. Sete pacientes foram submetidos à drenagem percutânea de abscesso de […]

Avanços em cirurgia fetal

Denise Araujo Lapa Pedreira

DOI: 10.1590/S1679-45082016MD3449

RESUMOSão discutidos os principais avanços na terapia cirúrgica do feto, tendo como objetivo informar profissionais da área da saúde sobre qual o estado atual da arte e quais seus desafios futuros. São debatidos os passos que foram necessários para a evolução da técnica inicial, quando a cirurgia fetal era realizada a céu aberto, até o desenvolvimento de técnicas minimamente invasivas, de cirurgia endoscópica fetal (fetoscopia).

Colecistectomia robótica por portal único. Experiência inicial e pioneira no Brasil

Vladimir Schraibman, Marina Gabrielle Epstein, Gabriel Naman Maccapani, Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo

DOI: 10.1590/S1679-45082015RC3275

A técnica de um único portal laparoscópico foi desenvolvida ao longo dos últimos anos, numa tentativa de diminuir a agressão cirúrgica e melhorar ainda mais os resultados estéticos da cirurgia minimamente invasiva. Uma nova plataforma robótica, usada com o Sistema Robótico da Vinci®Single-Site System® (Intuitive Surgical, Sunnyvale, Califórnia, Estados Unidos), foi recentemente lançada no mercado mundial e é ainda inédita no Brasil. Os autores relatam as primeiras quatro colecistectomias robóticas com portal único realizadas com este Sistema Robótico da Vinci® […]

Cirurgia robótica em Cardiologia: um procedimento seguro e efetivo

Robinson Poffo, Alisson Parrilha Toschi, Renato Bastos Pope, Alex Luiz Celullare, Anderson Benício, Claudio Henrique Fischer, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082013000300007

Objetivo:Avaliar os resultados em curto e médio prazo dos pacientes submetidos à cirurgia cardíaca minimamente invasiva robô-assistida.MÉTODOS:De março de 2010 a março de 2013, 21 pacientes foram submetidos à cirurgia cardíaca robô-assistida. Os procedimentos realizados foram: plastia valvar mitral, troca valvar mitral, cirurgia de correção da fibrilação atrial, correção cirúrgica da comunicação interatrial, ressecção de tumor intracardíaco, revascularização do miocárdio totalmente endoscópica e pericardiectomia.RESULTADOS:A idade média foi de 48,39±18,05 anos. O tempo médio de circulação extracorpórea foi de 151,7±99,97 minutos, […]

Histerectomia vaginal em útero sem prolapso: experiência de 6 anos

Thomaz Rafael Gollop, Adriana Grandesso dos Santos, Alexandre Guilherme Zabeu Rossi, Rogério Francisco Bianchi

DOI: 10.1590/S1679-45082012000400012

Objetivo:Avaliar a aplicabilidade da técnica de histerectomia vaginal em úteros sem prolapso.MÉTODOS:Estudo de coorte retrospectivo de 220 pacientes submetidas à histerectomia vaginal no período de janeiro de 2004 a julho de 2010, pela Equipe de Cirurgia Vaginal e do Assoalho Pélvico. A média de idade dos pacientes foi de 44,4 anos e tiveram, em média, 3 partos (0-10 partos). A cirurgia foi realizada mesmo em casos de cirurgias abdominais prévias; a cesárea foi prevalente em 54,6% da amostra.RESULTADOS:O peso médio […]

Cirurgia por orifícios naturais: novo conceito em cirurgia minimamente invasiva

Thomaz Rafael Gollop, Arnaldo Urbano Ruiz Filho, Adriana Grandesso dos Santos, Rogério Francisco Bianchi, Alexandre Guilherme Zabeu Rossi

DOI: 10.1590/s1679-45082010md1367

RESUMOApresentamos, neste artigo, o conceito das cirurgias por orifícios naturais e das cirurgias “sem cicatriz,” as suas vias de acesso, seu caráter multidisciplinar e os desafios de seu desenvolvimento. Apontamos as vantagens intra e pós-operatórias. Enfocamos a via vaginal e a colpotomia posterior na aplicação das cirurgias por orifícios naturais em histerectomias vaginais e acessos cirúrgicos aos anexos nos quais se inclui a laqueadura tubárea. Reforçamos a necessidade de nos inteirarmos destas modalidades de cirurgia que poderão trazer grandes vantagens […]