101 results

Amiloidose primária isolada do músculo reto inferior simulando orbitopatia de Graves

Mário Luiz Ribeiro Monteiro, Allan Christian Pieroni Gonçalves, Alanna Mara Pinheiro Sobreira Bezerra

DOI: 10.1590/s1679-45082016rc3744

RESUMOO diagnóstico de orbitopatia de Graves usualmente é fácil de ser estabelecido. No entanto, doenças da órbita que simulam alguns sinais clínicos da orbitopatia de Graves podem levar à confusão diagnóstica, particularmente quando associada à alguma forma de disfunção tireoidiana. Relatamos a ocorrência rara de amiloidose localizada no músculo reto inferior em paciente com hipotireoidismo autoimune, que recebeu inicialmente o diagnóstico errôneo de orbitopatia de Graves. Paciente masculino, 48 anos, com queixa de proptose progressiva e indolor do lado esquerdo […]

Lipossarcoma gástrico gigante: relato de caso e revisão da literatura

Jacques Matone, Samuel Okazaki, Gabriel Naman Maccapani, Thiago Trolez Amancio, Renée Zon Filippi, Antonio Luiz de Vasconcellos Macedo

DOI: 10.1590/s1679-45082016rc3770

RESUMOO lipossarcoma é um tipo comum de sarcomas em adultos, com incidência entre 15 e 20% entre os sarcomas. No entanto, o acometimento do estômago é raro. Relatamos um caso de um lipossarcoma primário gástrico gigante com apresentação clínica de hemorragia digestiva. Foi submetido a tratamento cirúrgico sem diagnóstico definitivo, apesar de três biópsias realizadas. Revisamos diagnósticos diferenciais, influência genética e estratégias diagnósticas e terapêuticas.

Pneumatose intestinal após quimioterapia com etoposídeo em paciente com câncer de pulmão de pequenas células: sucesso com conduta conservadora em uma condição rara

Luiza Dib Batista Bugiato Faria, Carlos Henrique dos Anjos, Gustavo dos Santos Fernandes, Igor Fernando da Silva Carvalho

DOI: 10.1590/S1679-45082016RC3597

RESUMOPaciente do gênero masculino, 69 anos, fumante, diagnosticado com câncer de pulmão de pequenas células, metastático para pulmão, fígado e sistema nervoso central. Foi administrada quimioterapia com carboplatina AUC 5 no dia 1 e etoposídeo 100mg/m2 nos dias 1, 2 e 3. Durante o primeiro ciclo, o paciente apresentou neutropenia febril e distensão abdominal. Tomografias de tórax, abdome e pelve detectaram gás dissecando a parede do cólon sigmoide, com extensão para o mesossigmoide. O paciente não apresentava dor abdominal, náusea, […]

Síndrome da hiperestimulação ovariana em gestação única e espontânea

Fábio Roberto Cabar

DOI: 10.1590/S1679-45082016RC3429

RESUMOA síndrome de hiperestimulação ovariana é a combinação do aumento dos ovários, devido à presença de múltiplos cistos e de hiperpermeabilidade vascular, com subsequente hipovolemia e hemoconcentração. Relata-se um caso de síndrome espontânea em uma gestação única. Trata-se de gravidez espontânea com 12 semanas de idade gestacional. A gravidez ocorreu sem intercorrências até 11 semanas de idade gestacional. Após, a gestante passou a se queixar de distensão abdominal progressiva, associada com desconforto abdominal. A paciente não relatava outros sintomas. A […]

Fratura toracolombar tipo Chance durante jogo de futebol feminino profissional: relato de caso

Alberto Ofenhejm Gotfryd, Fernando José Franzin, Roger Hartl

DOI: 10.1590/S1679-45082016RC3432

RESUMORelatamos um caso raro de fratura instável da coluna vertebral com envolvimento ligamentar, ocorrida por mecanismo de flexão-distração, durante jogo de futebol feminino profissional. Não houve déficit neurológico. A paciente apresentava espaçamento doloroso dorsal na linha média, que sugeriu lesão ligamentar, a qual não foi reconhecida imediatamente. Apesar disso, realizaram-se imobilização adequada e encaminhamento para unidade hospitalar, fatos que evitaram a ocorrência de danos adicionais à medula espinal. A paciente foi submetida à fusão monossegmentar, com instrumentação e, após 6 […]

Apresentação tardia de síndrome de Bartter tipo IV com eritrocitose

Ita Pfeferman Heilberg, Cláudia Tótoli, Joaquim Tomaz Calado

DOI: 10.1590/S1679-45082015RC3013

RESUMOA síndrome de Bartter compreende um grupo raro de doenças autossômicas recessivas perdedoras de sal, decorrentes de mutações em genes expressos na porção ascendente espessa da alça de Henle, com fenótipos distintos, porém fisiopatogenia única, que consiste em redução severa da reabsorção de sódio, e aumento da excreção urinária de hidrogênio e potássio, levando à alcalose hipocalêmica. A síndrome de Bartter tipo IV, causada por mutações com perda de função da bartina, uma subunidade do canal de cloro CLC-Kb expressa […]

Sarcoma de uretra masculina: relato de caso e revisão de literatura

Magno Almeida Nogueira, Guilherme Campelo Lopes dos Santos, Roberto Iglesias Lopes, Octavio Henrique Arcos Campos, Marcos Francisco Dall'Oglio, Alexandre Crippa Sant'Anna

DOI: 10.1590/S1679-45082015RC2992

Os tumores de uretra são muito raros e bastante agressivos. Acometem mais frequentemente homens (2:1) e são mais comuns na raça branca (85% dos casos). Os sarcomas de tecidos moles são um grupo heterogêneo de tumores que surgem a partir da mesoderme embrionária e representam 1% de todos os casos de doença maligna urinária, raramente acometendo a uretra primariamente. Relamos aqui um caso extremamente raro de sarcoma uretral masculino com somente dois semelhantes publicados na literatura.

Psicose inaugural aos 81 anos? A propósito das síndromes do lobo frontal

Patrícia Pedro, Diogo Telles-Correia, Iolanda Godinho, Carlos Chagas

DOI: 10.1590/S1679-45082015RC3004

O lobo frontal, quando afetado, pode provocar alterações importantes do comportamento, principalmente na função executiva: planejamento, tomada de decisões, juízo e autopercepção. Contudo, as alterações podem ser de outra natureza, caracterizando-se por marcada indiferença e apatia. É relatado aqui o caso de uma paciente de 81 anos, com alterações súbitas do comportamento, que foram interpretadas inicialmente como um quadro confusional agudo de natureza infecciosa, mas que se mostraram provocadas por uma lesão isquêmica na região frontal.

Extensa linfadenite cervical mimetizando adenite bacteriana como primeira manifestação da doença de Kawasaki

Felipe de Souza Rossi, Marco Felipe Castro da Silva, Kátia Tomie Kozu, Luís Fernando Aranha Camargo, Flávia Feijó Panico Rossi, Clovis Artur Silva, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082015RC2987

Adenite cervical >1,5cm é o critério menos frequentemente observado em pacientes com doença de Kawasaki e manifesta-se habitualmente em associação com os demais sintomas da fase aguda. Entretanto, linfadenite febril isolada com intensos sinais flogísticos e flegmão é raramente observada como primeira manifestação da doença de Kawasaki. Assim, relatou-se aqui um caso de uma criança que apresentou linfadenite cervical com celulite adjacente e flegmão mimetizando adenite bacteriana como primeira manifestação da doença de Kawasaki. Paciente previamente hígido, 7 anos, masculino, […]

Angiomixoma agressivo da vulva: relato de caso

José Carlos Castelo Branco Ribeiro, Sabas Carlos Vieira, Benedito Borges da Silva, Lina Gomes dos Santos, Pedro Vítor Lopes Costa, Lia Andréa Costa da Fonsêca

DOI: 10.1590/S1679-45082015RC2952

Paciente do gênero feminino, 42 anos, com queixas de dificuldade ao urinar e aumento de volume na região vulvar há 1 ano. Ao exame ginecológico, apresentava extensa lesão na região vulvar. Biópsia da lesão foi inconclusiva. Realizou-se a exérese da lesão. A paciente permanece livre de recorrências há 15 meses. Este caso destaca a necessidade de considerar o angiomixoma no diagnóstico diferencial de massas de causa desconhecida na região vulvar.

1 2 3 4 5 11