4 results

Erros de medicação em unidades de pronto atendimento: prontuário eletrônico, barreira eficaz?

Marina Vaidotas ORCID logo , Paula Kiyomi Onaga Yokota ORCID logo , Neila Maria Marques Negrini ORCID logo , Dafne Braga Diamante Leiderman ORCID logo , Valéria Pinheiro de Souza ORCID logo , Oscar Fernando Pavão dos Santos ORCID logo , [...]

DOI: 10.31744/einstein_journal/2019GS4282

RESUMO Objetivo: Comparar os erros de medicações de duas unidades de pronto atendimento que possuíam prontuário eletrônico aos de duas unidades que possuíam prontuário convencional manual em uma mesma instituição. Métodos: Estudo transversal, retrospectivo, descritivo, que comparou a incidência de erros de medicações e sua classificação, segundo o National Coordinating Council for Medication Error Reporting and Prevention, associado ao uso do prontuário eletrônico e do convencional, em unidades de pronto atendimento de uma mesma instituição por um ano. Resultados: Foram […]

Implantação de tecnologias para prevenção de erros de medicação em hospital de alta complexidade: análise de custos e resultados

Renata Prado Bereta Vilela ORCID logo , Marli de Carvalho Jericó ORCID logo

DOI: 10.31744/einstein_journal/2019GS4621

RESUMO Objetivo: Calcular o custo e avaliar os resultados da implantação de tecnologias que podem prevenir o erro de medicação. Métodos: Estudo descritivo-exploratório, retrospectivo (2007-2015), quantitativo, nos moldes de estudo de caso em instituição hospitalar da Região Sudeste do Brasil. Calculou-se o custo direto de cada tecnologia na cadeia medicamentosa. A eficácia das tecnologias foi verificada a partir da série histórica do indicador de incidência de erro de medicação. Resultados: Para prevenção do erro de medicação, foram identificadas 13 tecnologias. […]

Tipos e frequência de erros no preparo e na administração de medicamentos endovenosos

Josiane Ribeiro Mendes ORCID logo , Maria Carolina Barbosa Teixeira Lopes ORCID logo , Cássia Regina Vancini-Campanharo ORCID logo , Meiry Fernanda Pinto Okuno ORCID logo , Ruth Ester Assayag Batista ORCID logo

DOI: 10.1590/S1679-45082018AO4146

RESUMO Objetivo: Identificar a compatibilidade, os tipos e a frequência de erros no preparo e na administração de medicamentos endovenosos. Métodos: Estudo transversal e descritivo, realizado em um serviço de emergência de um hospital universitário da cidade de São Paulo (SP). A amostra foi constituída por 303 observações do preparo e administração de medicamentos endovenosos por auxiliares, técnicos de enfermagem e enfermeiros, tendo como instrumento um roteiro sistematizado, do tipo checklist. As variáveis coletadas foram: erro de dispensação, omissão, horário, […]

Segurança do paciente e o valor da intervenção farmacêutica em um hospital oncológico

Karina da Silva Aguiar, Jamile Machado dos Santos, Mônica Cristina Cambrussi, Solane Picolotto, Marcela Bechara Carneiro

DOI: 10.1590/S1679-45082018AO4122

RESUMO Objetivo Demonstrar o impacto econômico da avaliação farmacêutica na detecção e na prevenção de erros em prescrições de antineoplásicos. Métodos Estudo observacional e retrospectivo realizado em um hospital oncológico. De julho a agosto de 2016, prescrições contendo antineoplásicos e fármacos adjuvantes ao tratamento foram avaliadas por farmacêuticos. Os problemas detectados relacionados a medicamentos foram classificados e analisados quanto ao medicamento, à intervenção farmacêutica, à aceitabilidade e à caracterização do erro. Quando o problema envolveu dose, calcularam-se a percentagem de […]