3 results

Tipos e frequência de erros no preparo e na administração de medicamentos endovenosos

Josiane Ribeiro Mendes ORCID logo , Maria Carolina Barbosa Teixeira Lopes ORCID logo , Cássia Regina Vancini-Campanharo ORCID logo , Meiry Fernanda Pinto Okuno ORCID logo , Ruth Ester Assayag Batista ORCID logo

DOI: 10.1590/S1679-45082018AO4146

RESUMO Objetivo: Identificar a compatibilidade, os tipos e a frequência de erros no preparo e na administração de medicamentos endovenosos. Métodos: Estudo transversal e descritivo, realizado em um serviço de emergência de um hospital universitário da cidade de São Paulo (SP). A amostra foi constituída por 303 observações do preparo e administração de medicamentos endovenosos por auxiliares, técnicos de enfermagem e enfermeiros, tendo como instrumento um roteiro sistematizado, do tipo checklist. As variáveis coletadas foram: erro de dispensação, omissão, horário, […]

Padronização da ordem de infusão de medicamentos antineoplásicos utilizados no tratamento dos cânceres de mama e colorretal

Amanda Alves da Silva, Juliane Carlotto, Inajara Rotta

DOI: 10.1590/S1679-45082018RW4074

RESUMO A definição de sequências de administração de antineoplásicos pode proporcionar o planejamento dos esquemas terapêuticos de forma mais racional e, assim, otimizar o efeito da quimioterapia nos pacientes, aumentando a eficácia e reduzindo o aparecimento de efeitos tóxicos. Desta forma, o objetivo deste estudo foi avaliar a ordem de infusão dos antineoplásicos constituintes dos principais protocolos terapêuticos para o tratamento dos cânceres de mama e colorretal utilizados em um hospital terciário, identificando possíveis interações dependentes da sequência de infusão. […]

Potencial de incompatibilidade de medicamentos intravenosos em uma unidade pediátrica

Karla Dalliane Batista Leal, Ramon Weyler Duarte Leopoldino, Rand Randall Martins, Lourena Mafra Veríssimo

DOI: 10.1590/S1679-45082016AO3723

RESUMOObjetivoAvaliar o potencial de incompatibilidade dos medicamentos intravenosos, identificando possíveis fatores de risco em uma unidade pediátrica.Métodos Trata-se de um estudo observacional analítico do tipo transversal realizado na unidade de pediatria de um hospital de ensino no Brasil. Os dados foram coletados de junho a outubro de 2014 a partir da análise das prescrições de crianças (0 a 15 anos) hospitalizadas. Foram excluídas prescrições sem medicamento intravenoso e com posologia incompletas ou grafia inadequada. A associação entre as variáveis e […]