einstein (São Paulo). 01/dez/2012;10(4):466-72.

Estudo comparativo dos resultados obtidos pela citologia oncótica cérvico-vaginal convencional e pela citologia em meio líquido

Sueli Aparecida Batista Stabile, Dilson Henrique Ramos Evangelista, Valdely Helena Talamonte, Umberto Gazi Lippi, Reginaldo Guedes Coelho Lopes

DOI: 10.1590/S1679-45082012000400013

Objetivo:
Comparar duas técnicas de colpocitologia oncótica, a convencional e a em meio líquido, em pacientes de baixo risco para carcinoma de colo uterino.
MÉTODOS:
Trata-se de estudo prospectivo e comparativo, em que foram avaliadas cem mulheres que compareceram à consulta médica de rotina e foram submetidas simultaneamente à coleta pelas duas técnicas de citologia. Os resultados obtidos em relação à adequabilidade, à qualidade dos esfregaços, à prevalência nos diagnósticos descritivos e à confirmação com biópsia dirigida e histologia foram comparados pelo teste de McNemar, com nível de significância de p<0,05.
RESULTADOS:
A adequabilidade dos esfregaços mostrou-se semelhante. A qualidade, com presença de elementos da junção escamo-colunar em 93% das citologias convencionais e 84% das citologias em meio líquido, teve significância estatística. Nos diagnósticos de atipias, elas foram detectadas em 3% das citologias convencionais e em 10% das citologias em meio líquido (p=0,06), sendo as atipias em células escamosas de significado indeterminado a alteração mais prevalente. Quando comparadas à colposcopia com biópsia dirigida, o desempenho da citologia em meio líquido foi superior, com sensibilidade de 66,7% e especificidade de 100%, enquanto que, para a citologia convencional, não houve concordância cito-histológica.
CONCLUSÃO:
O desempenho em diagnosticar atipias e a concordância cito-histológica da citologia em meio líquido foram superiores ao da citologia convencional.

Estudo comparativo dos resultados obtidos pela citologia oncótica cérvico-vaginal convencional e pela citologia em meio líquido

464

Comentários