einstein (São Paulo). 01/mar/2014;12(1):55-60.

Efetividade da ginástica laboral na aptidão física: estudo randomizado não controlado

Antônio José Grande, Valter Silva, Sérgio Alencar Parra

DOI: 10.1590/S1679-45082014AO2956

Objetivo:
Investigar a efetividade da ginástica laboral para a saúde dos trabalhadores por meio de componentes da aptidão física relacionados à saúde.
Métodos
: Estudo randomizado não controlado com 20 trabalhadores realizado durante três meses para avaliar um programa de ginástica laboral. Os desfechos selecionados foram: flexibilidade, massa corporal, percentual de gordura, massa magra, pressão arterial e frequência cardíaca. Para análise estatística, foram utilizados o teste t pareado e a análise de intenção de tratar.
Resultados
: Houve aumento significante no peso, percentual de gordura, pressão arterial e frequência cardíaca. Contudo, o significado clínico foi de 10% no tamanho do efeito.
Conclusão
: As alterações verificadas nos desfechos analisados não foram significativas as variáveis encontram-se dentro da normalidade propostas por instituições acadêmicas.

Efetividade da ginástica laboral na aptidão física: estudo randomizado não controlado

77

Comentários