einstein (São Paulo). 01/set/2016;14(3):374-7.

Achados de imagem na ressonância magnética multiparamétrica dos leiomiomas prostáticos puros

Thais Caldara Mussi, Yves Bohrer Costa, Marcos Takeo Obara, Marcos Roberto Gomes de Queiroz, Rodrigo Gobbo Garcia, José Antonio Domingos Cianciarulo Longo, Gustavo Caserta Lemos, Ronaldo Hueb Baroni

DOI: 10.1590/S1679-45082016AO3715

RESUMO
Objetivo:
Descrever os achados de imagem de tumores prostáticos não adenocarcinoma na ressonância magnética multiparamétrica.
Métodos:
Realizaram ressonância magnética multiparamétrica da próstata para detecção de câncer de próstata 200 pacientes de agosto de 2013 a setembro de 2014, seguida por biópsia com fusão de imagens de ultrassonografia/ressonância magnética.
Resultados:
Encontramos três casos confirmados histologicamente de leiomiomas prostáticos puros (0,02%) em nossa casuística e descrevemos os achados da ressonância magnética multiparamétrica destes casos de leiomiomas. Os achados de imagem foram semelhantes aos de lesões com moderada ou alta suspeição para neoplasia clinicamente significante (Likert 4 ou 5) quando localizados na zona de transição ou zona periférica da próstata..
Conclusão:
Leiomiomas puros da próstata tiveram achados de imagem na ressonância magnética multiparamétrica que mimetizaram adenocarcinomas. Radiologistas, urologistas e patologistas devem estar cientes destas entidades e seus achados de imagem.

Achados de imagem na ressonância magnética multiparamétrica dos leiomiomas prostáticos puros

130

Comentários