einstein (São Paulo). 01/set/2016;14(3):366-73.

Avanços técnicos no diagnóstico e no monitoramento de hemoglobinúria paroxística noturna por citometria de fluxo

Rodolfo Patussi Correia, Laiz Cameirão Bento, Ana Carolina Apelle Bortolucci, Anderson Marega Alexandre, Andressa da Costa Vaz, Daniela Schimidell, Eduardo de Carvalho Pedro, Fabricio Simões Perin, Sonia Tsukasa Nozawa, Cláudio Ernesto Albers Mendes, Rodrigo de Souza Barroso, Nydia Strachman Bacal

DOI: 10.1590/S1679-45082016AO3641

RESUMO
Objetivo:
Discutir as melhorias técnicas no diagnóstico e no acompanhamento laboratorial de hemoglobinúria paroxística noturna para a validação da técnica de citometria de fluxo de alta sensibilidade.
Métodos:
Estudo retrospectivo, que envolveu a análise de dados laboratoriais de 745 pacientes com hipótese diagnóstica e/ou acompanhamento de hemoglobinúria paroxística noturna por citometria de fluxo.
Resultados:
Os avanços técnicos não só reduziram o custo do ensaio, mas também melhoraram a identificação e a resolução da citometria de fluxo para a detecção de clone hemoglobinúria paroxística noturna..
Conclusão:
A citometria de fluxo de alta sensibilidade possibilitou a identificação do tipo e do tamanho de clone de hemoglobinúria paroxística noturna, especialmente em amostras com pequeno clone.

Avanços técnicos no diagnóstico e no monitoramento de hemoglobinúria paroxística noturna por citometria de fluxo

77

Comentários