5 results

Correlação entre exame físico e análise tridimensional da marcha na determinação dos desvios rotacionais em crianças com paralisia cerebral

Fernando Borge Teixeira, Amando Ramalho Júnior, Mauro César de Morais Filho, Danielli Souza Speciali, Catia Miyuki Kawamura, José Augusto Fernandes Lopes, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082018AO4247

Resumo Objetivo Avaliar a correlação entre dados do exame físico relativos à rotação do quadril e torção tibial com a cinemática do plano transverso em crianças com paralisia cerebral; e determinar quais pontos no tempo e eventos do ciclo de marcha apresentam maior correlação com achados do exame físico. Métodos Um total de 195 crianças com paralisia cerebral vistas em dois laboratórios de marcha, de 2008 a 2016, foi incluído neste estudo. As medidas do exame físico incluíram rotação interna […]

Obesidade, sarcopenia, obesidade sarcopênica e mobilidade reduzida em idosos brasileiros com 80 anos ou mais

Vanessa Ribeiro dos Santos, Igor Conterato Gomes, Denise Rodrigues Bueno, Diego Giulliano Destro Christofaro, Ismael Forte Freitas Jr., Luis Alberto Gobbo

DOI: 10.1590/S1679-45082017AO4058

RESUMO Objetivo: Analisar quais agravos na composição corporal (obesidade, sarcopenia ou obesidade sarcopênica) estão relacionados à redução da mobilidade em idosos com 80 anos ou mais. Métodos: A amostra foi constituída por 116 sujeitos com idade igual ou superior a 80 anos. A composição corporal foi mensurada pela técnica de absorciometria de raios X de dupla energia (DXA), e a mobilidade foi avaliada por testes motores. O teste χ2foi utilizado para analisar a proporção de idosos com sarcopenia, obesidade e […]

Avaliação da mobilidade funcional do paciente com sequela de AVC após tratamento na piscina terapêutica, utilizando o teste Timed Up and Go

Daniel Gonçalves dos Santos, Andréa Sanches Navarro Pegoraro, Carolina Vilela Abrantes, Fabio Jakaitis, Silvia Gusman, Simone Cristina Bifulco

DOI: 10.1590/s1679-45082011ao1772

RESUMOObjetivo:Avaliar a mobilidade funcional de pacientes com acidente vascular cerebral no decorrer de 12 sessões de hidroterapia.Métodos:Foram avaliados 10 pacientes com acidente vascular cerebral com idades entre 5 e 85 anos por meio do teste Timed Up and Go, que contém itens como equilíbrio, velocidade da marcha, mudança de direção e transferência de sentado para em pé. Os pacientes do estudo realizaram o teste antes e depois de cada sessão de hidroterapia (total de 12 terapias). Cada indivíduo foi comparado […]

Análise bidimensional da assimetria da marcha na hemiplegia espástica

Marise Bueno Zonta, Amancio Ramalho Júnior, Regina Maria Ribeiro Camargo, Fabiano Hessel Dias, Lúcia Helena Coutinho dos Santos

DOI: 10.1590/s1679-45082010ao1678

RESUMOObjetivo:Medidas simples para mensuração da marcha na rotina clínica podem ser úteis quando os sistemas complexos para a análise da marcha não estão disponíveis. O objetivo deste estudo foi quantificar a assimetria na marcha de crianças com hemiplegia espástica por meio de uma análise bidimensional por videografia e relacionar a assimetria à função motora.Métodos:Vinte e quatro crianças com paralisia cerebral do tipo hemiplégica espástica (19 do sexo masculino, 5 feminino; média de idade de 49 meses [± 5 meses], variando […]

Correlação entre dois programas de atividade física na marcha de idosos sedentários

Mariana Varkala Lanuez, Fernanda Varkala Lanuez, Eduardo Gunther Montero, Wilson Jacob Filho

DOI: 10.1590/s1679-45082010ao1585

RESUMOObjetivos: Avaliar o efeito dos exercícios na marcha por meio de dois diferentes programas: o grupo dos exercícios aeróbios (Grupo A, n = 18) e o grupo que realizou exercícios de flexibilidade e equilíbrio (Grupo B, n = 19).Métodos:Este foi um estudo casualizado, ensaio controlado, no qual cada amostra foi controle dela mesma. Foram sujeitos desta pesquisa 37 idosos, com idade entre 60-90 anos, de ambos os sexos, encaminhados dos ambulatórios do serviço de Geriatria do Hospital das Clínicas da […]