einstein (São Paulo). 08/dez/2017;15(4):435-40.

Obesidade, sarcopenia, obesidade sarcopênica e mobilidade reduzida em idosos brasileiros com 80 anos ou mais

Vanessa Ribeiro dos Santos, Igor Conterato Gomes, Denise Rodrigues Bueno, Diego Giulliano Destro Christofaro, Ismael Forte Freitas Jr., Luis Alberto Gobbo

DOI: 10.1590/S1679-45082017AO4058

RESUMO

Objetivo:

Analisar quais agravos na composição corporal (obesidade, sarcopenia ou obesidade sarcopênica) estão relacionados à redução da mobilidade em idosos com 80 anos ou mais.

Métodos:

A amostra foi constituída por 116 sujeitos com idade igual ou superior a 80 anos. A composição corporal foi mensurada pela técnica de absorciometria de raios X de dupla energia (DXA), e a mobilidade foi avaliada por testes motores. O teste χ2foi utilizado para analisar a proporção de idosos com sarcopenia, obesidade e obesidade sarcopênica, de acordo com o sexo, bem como para indicar a associação entre obesidade, sarcopenia, obesidade sarcopênica e mobilidade. A análise de regressão logística binária, ajustada pelas variáveis (sexo e doenças osteoarticulares), foi utilizada para expressar a magnitude das associações. A análise de variância foi usada para comparar a mobilidade entre os quatro grupos (Normal, Obesidade, Sarcopenia e Obesidade Sarcopênica).

Resultados:

O Grupo Sarcopenia apresentou menor desempenho no teste de força de membros inferiores e na soma dos dois testes, comparado aos Grupos Obesidade e Normal. Idosos com sarcopenia apresentaram maior chance de redução da mobilidade (OR: 3,44; IC95%: 1,12-10,52).

Conclusão:

Idosos com idade igual ou superior a 80 anos com sarcopenia têm mais chance de redução da mobilidade.

Obesidade, sarcopenia, obesidade sarcopênica e mobilidade reduzida em idosos brasileiros com 80 anos ou mais

Comentários