einstein (São Paulo). 01/mar/2010;8(1):117-21.

Uveíte autoimune: estudo de terapias para tratamento

Alessandra Gonçalves Commodaro, Luciana de Deus Vieira de Moraes, Denise Vilarinho Tambourgi, Rubens Belfort Jr., Osvaldo Augusto Sant’Anna, Luiz Vicente Rizzo

DOI: 10.1590/s1679-45082010rb1416

RESUMO
A uveíte autoimune experimental é uma doença autoimune mediada por células T, órgão-específica e caracterizada por inflamação e subsequente destruição da retina neural e tecidos adjacentes. A inflamação na uveíte autoimune experimental pode ser induzida em roedores pela imunização com antígenos retinianos, tais como a proteína interfotorreceptora ligante de retinoide. Apresentamos aqui uma revisão de estudos experimentais que correlacionam as principais funções imunobiológicas com esta doença crônica e o possível uso de moléculas para o tratamento da uveíte autoimune.

Uveíte autoimune: estudo de terapias para tratamento

485

Comentários