einstein (São Paulo). 01/abr/2017;15(2):212-9.

Custos hospitalares de pneumonia bacteriana grave em crianças: análise comparativa por diferentes métodos de custeio

Sheila Elke Araujo Nunes, Ruth Minamisava, Maria Aparecida da Silva Vieira, Alexander Itria, Vicente Porfirio Pessoa Junior, Ana Lúcia Sampaio Sgambatti de Andrade, Cristiana Maria Toscano

DOI: 10.1590/S1679-45082017GS3855

RESUMO

Objetivo

Determinar e comparar custos hospitalares no tratamento da pneumonia bacteriana adquirida na comunidade por diferentes metodologias de custeio, na perspectiva do Sistema Único de Saúde.

Métodos

Estudo de custo, com coleta de dados primários de uma amostra de 59 crianças com 28 dias a 35 meses de idade hospitalizadas por pneumonia bacteriana. Foram considerados custos diretos médicos e não médicos. Três metodologias de custeio foram utilizadas: microcusteio por revisão de prontuários, microcusteio considerando diretriz terapêutica e macrocusteio por ressarcimento do Sistema Único de Saúde. Os custos estimados pelas diferentes metodologias foram comparados utilizando o teste de Friedman.

Resultados

Os custos hospitalares de crianças com pneumonia grave foram R$ 780,70 ($Int. 858.7) por revisão de prontuários, R$ 641,90 ($Int. 706.90) por diretriz terapêutica e R$ 594,80 ($Int. 654.28) por ressarcimento do Sistema Único de Saúde, respectivamente. A utilização de metodologias de microcusteio (revisão de prontuários e diretriz) resultou em estimativas de custos equivalentes (p=0,405), enquanto o custo estimado por ressarcimento foi significativamente menor do que aqueles estimados por diretriz (p<0,001) e por revisão de prontuário (p=0,006), sendo, assim, significativamente diferentes.

Conclusão

Na perspectiva do Sistema Único de Saúde, existe diferença significativa nos custos estimados quando se utilizam diferentes metodologias, sendo a estimativa por ressarcimento a que resulta em valores menores. Considerando que não há diferença nos valores de custos estimados por diferentes metodologias de microcusteio, a metodologia de custeio por diretriz, de mais fácil e rápida execução, é uma alternativa válida para estimativa de custos de hospitalização por pneumonias bacterianas em crianças.

Custos hospitalares de pneumonia bacteriana grave em crianças: análise comparativa por diferentes métodos de custeio

Comentários