3 results

Impacto econômico do tratamento de pacientes infectados com Klebsiella pneumoniae carbapenemase

Wendel Mombaque dos Santos ORCID logo , Silvia Regina Secoli ORCID logo

DOI: 10.31744/einstein_journal/2019GS4444

RESUMO Objetivo: Estimar os custos médicos diretos da terapia medicamentosa de pacientes com infecção por carbapenemase por Klebsiella pneumoniae carbapenemase (KPC) em contexto hospitalar. Métodos: Estudo de custo de doença realizado com desenho de coorte prospectiva, com adultos hospitalizados infectados por KPC. A coleta de dados foi realizada usando instrumento composto por dados sociodemográficos, medicamentos clínicos e prescritos. As estimativas dos custos diretos associados a cada tratamento foram derivadas da perspectiva dos pagadores, no caso dos hospitais públicos federais do […]

Custos hospitalares de pneumonia bacteriana grave em crianças: análise comparativa por diferentes métodos de custeio

Sheila Elke Araujo Nunes, Ruth Minamisava, Maria Aparecida da Silva Vieira, Alexander Itria, Vicente Porfirio Pessoa Junior, Ana Lúcia Sampaio Sgambatti de Andrade, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082017GS3855

RESUMO Objetivo Determinar e comparar custos hospitalares no tratamento da pneumonia bacteriana adquirida na comunidade por diferentes metodologias de custeio, na perspectiva do Sistema Único de Saúde. Métodos Estudo de custo, com coleta de dados primários de uma amostra de 59 crianças com 28 dias a 35 meses de idade hospitalizadas por pneumonia bacteriana. Foram considerados custos diretos médicos e não médicos. Três metodologias de custeio foram utilizadas: microcusteio por revisão de prontuários, microcusteio considerando diretriz terapêutica e macrocusteio por […]

Gastos relacionados a hospitalizações de idosos no Brasil: perspectivas de uma década

Rodrigo Eurípedes da Silveira, Álvaro da Silva Santos, Mariana Campos de Sousa, Taciana Silva Alves Monteiro

DOI: 10.1590/S1679-45082013000400019

Objetivo:Descrever o perfil de morbidades e os gastos relacionados a internações de idosos comparados aos da população de adultos (20 a 59 anos).MÉTODOS:Trata-se de uma pesquisa descritiva, transversal, sobre as internações hospitalares de idosos (com 60 anos ou mais de idade) no Brasil no período de 2002 a 2011, com dados do DATASUS e com base na CID-10.RESULTADOS:Embora o maior número de internações esteja na faixa etária adulta, a proporção de gastos foi maior com os idosos e, neste caso, […]