einstein (São Paulo). 01/dez/2013;11(4):514-20.

Gastos relacionados a hospitalizações de idosos no Brasil: perspectivas de uma década

Rodrigo Eurípedes da Silveira, Álvaro da Silva Santos, Mariana Campos de Sousa, Taciana Silva Alves Monteiro

DOI: 10.1590/S1679-45082013000400019

Objetivo:
Descrever o perfil de morbidades e os gastos relacionados a internações de idosos comparados aos da população de adultos (20 a 59 anos).
MÉTODOS:
Trata-se de uma pesquisa descritiva, transversal, sobre as internações hospitalares de idosos (com 60 anos ou mais de idade) no Brasil no período de 2002 a 2011, com dados do DATASUS e com base na CID-10.
RESULTADOS:
Embora o maior número de internações esteja na faixa etária adulta, a proporção de gastos foi maior com os idosos e, neste caso, em especial com doenças mentais e comportamentais, osteomusculares e do tecido conjuntivo, seguidas das doenças do aparelho circulatório e causas externas.
CONCLUSÃO:
Os resultados sugerem a adoção de políticas mais abrangentes e maior investimento em ações de promoção da saúde, prevenção de agravos e tratamento oportuno e adequado para as doenças mais prevalentes nos idosos, em especial na Atenção Primária à Saúde.

Gastos relacionados a hospitalizações de idosos no Brasil: perspectivas de uma década

39

Comentários