einstein (São Paulo). 01/mar/2012;10(1):33-8.

Avaliação do risco cardiovascular de indivíduos portadores de hipertensão arterial de uma unidade pública de saúde

Evandro José Cesarino, André Luiz Gomes Vituzzo, Julliane Messias Cordeiro Sampaio, Danilo Avelar Sampaio Ferreira, Heloísa Andrião Ferreira Pires, Luiz de Souza

DOI: 10.1590/S1679-45082012000100008

Objetivo:
Identificar o risco cardiovascular, por meio do escore de risco de Framinghan, em uma amostra de hipertensos de uma unidade pública de saúde.
MÉTODOS:
A casuística foi constituída por hipertensos, segundo critérios do JNC VII, 2003, de 2003, dentre 1.601 acompanhados no ano de 1999 no Ambulatório de Cardiologia e Hipertensão Arterial do Centro Saúde Escola da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Os pacientes foram selecionados por sorteio, com idade acima de 20 anos, ambos os gêneros, excluindo-se as gestantes. Tratou-se de estudo observacional descritivo e transversal. Utilizou-se o Escore de Risco de Framinghan para estratificação do risco cardiovascular para desenvolvimento de doença arterial coronária (morte ou infarto agudo do miocárdio – não fatal).
RESULTADOS:
A idade variou de 27 a 79 anos ( ou = 63,2 ± 9,58). Dos 382 indivíduos estudados, 270 (70,7%) eram mulheres e 139 (36,4%) foram caracterizados como de alto risco cardiovascular por apresentarem diabetes mellitus, aterosclerose documentada por evento ou procedimento. Dos 243 estratificados, 127 (52,3%) apresentaram HDL-C < 50 mg/dL; 210 (86,4%) apresentaram pressão arterial sistólica > 120 mmHg; 46 (18,9%) eram fumantes; 33 (13,6%) eram de alto risco cardiovascular – que somados aos 139 incluídos diretamente como alto risco cardiovascular, totalizaram 172 (45%); 77 (20,2%) eram de médio risco cardiovascular e 133 (34,8%) de baixo risco. O maior percentual de indivíduos de alto risco cardiovascular situou-se acima 70 anos; de médio risco, acima de 60 anos; e de baixo risco entre 50 e 69 anos.
CONCLUSÃO:
O número significativo de indivíduos de alto e médio risco cardiovascular indica a necessidade de um acompanhamento mais próximo dos mesmos.

Avaliação do risco cardiovascular de indivíduos portadores de hipertensão arterial de uma unidade pública de saúde

54

Comentários