einstein (São Paulo). 01/dez/2016;14(4):513-9.

Aplicabilidade do Spoken Knowledge in Low Literacy Patients with Diabetes em idosos brasileiros

Jonas Gordilho Souza, Daniel Apolinario, José Marcelo Farfel, Omar Jaluul, Regina Miksian Magaldi, Alexandre Leopold Busse, Flávia Campora, Wilson Jacob-Filho

DOI: 10.1590/s1679-45082016ao3747

RESUMO
Objetivo
Traduzir, adaptar e avaliar as propriedades de uma versão, em português do Brasil, do Spoken Knowledge in Low Literacy Patients with Diabetes, um questionário que avalia conhecimento em diabetes.
Métodos
Estudo transversal, em diabéticos tipo 2, com idade ≥60 anos de uma instituição pública de saúde, em São Paulo (SP). Após o desenvolvimento da versão na língua portuguesa, foram avaliadas suas propriedades psicométricas e associação com variáveis sociodemográficas e clínicas. Os modelos de regressão foram ajustados para dados sociodemográficos, alfabetismo funcional em saúde, tempo de doença, uso de insulina e controle glicêmico.
Resultados
Foram avaliados 129 diabéticos, com média de idade de 75,9 (±6,2) anos, escolaridade média de 5,2 (±4,4) anos, hemoglobina glicada média de 7,2% (±1,4) e valor médio do Spoken Knowledge in Low Literacy Patients with Diabetes de 42,1% (±25,8). No modelo de regressão, as variáveis associadas de forma independente ao Spoken Knowledge in Low Literacy Patients with Diabetes foram escolaridade (B=0,193; p=0,003), uso de insulina (B=1,326; p=0,004), tempo de doença (B=0,053; p=0,022) e alfabetismo em saúde (B=0,108; p=0,021). O coeficiente de determinação foi de 0,273. O a de Cronbach apresentou valor de 0,75, revelando consistência interna adequada.
Conclusão
Esta versão traduzida do Spoken Knowledge in Low LiteraFcy Patients with Diabetes mostrou-se adequada para avaliar conhecimentos em diabetes em idosos de baixa escolaridade, apresentando distribuição normal, consistência interna adequada, sem a presença de efeito teto ou chão. O instrumento teve boa aplicabilidade, já que pôde ser administrado de maneira rápida e não depende da capacidade de leitura.

Aplicabilidade do Spoken Knowledge in Low Literacy Patients with Diabetes em idosos brasileiros

71

Comentários