3 results

Influência da reposição do hormônio do crescimento no desenvolvimento neuropsicomotor. Relato de caso

Felipe Motta, Adriana Pasmanik Eisencraft, Lindiane Gomes Crisostomo

DOI: 10.1590/S1679-45082018RC3961

RESUMO A resposta estatural ao uso de hormônio do crescimento na baixa estatura já está comprovada na literatura. A influência dos componentes do eixo fator de crescimento semelhante à insulina tipo 1 (GH-IGF1) sobre desenvolvimento, função, regeneração, neuroproteção, cognição e funções motoras tem sido avaliada em estudos experimentais e em adultos com lesão de sistema nervoso central. No entanto, ainda são poucas as pesquisas sobre o impacto clínico da reposição hormonal no desenvolvimento neuropsicomotor. Este relato apresenta o caso de […]

Acompanhamento de crianças prematuras com alto risco para alterações do crescimento e desenvolvimento: uma abordagem multiprofissional

Marcia de Freitas, Ana Merzel Kernkraut, Simone Maria Amadio Guerrero, Sonia Teresa Gaidzakian Akopian, Sandra Harumi Murakami, Vanessa Madaschi, [...]

DOI: 10.1590/s1679-45082010ao1569

RESUMOObjetivo:Descrever a atividade do ambulatório multiprofissional formado por neonatologista e fisiatra, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, fonoaudiólogas e psicóloga que realizaram avaliações aos 3, 6, 9, 12, 18 e 24 meses de idade corrigida.Métodos:Foram realizadas avaliações multiprofissionais pela equipe, incluindo avaliação pela escala de desenvolvimento Bayley III. A amostra foi constituída por 20 crianças nascidas em hospital de nível terciário em São Paulo, Brasil, com peso inferior a 1250 g ou idade gestacional abaixo de 32 semanas no período de Abril de […]

Teste de Denver II: avaliação do desenvolvimento de crianças atendidas no ambulatório do Projeto Einstein na Comunidade de Paraisópolis

Márcia Wanderley de Moraes, Ana Paula Rodrigues Weber, Marcela de Castro e Oliveira Santos, Fabiane de Amorim Almeida

DOI: 10.1590/s1679-45082010ao1620

RESUMOObjetivo:Avaliar o desenvolvimento neuropsicomotor de crianças atendidas em um ambulatório, utilizando o Teste de Triagem de Desenvolvimento de Denver II (TTDD-R).Métodos:Pesquisa descritiva exploratória, com abordagem quantitativa, realizada no ambulatório do Projeto Einstein na Comunidade de Paraisópolis (PECP), em São Paulo. A amostra constituiu-se de 35 crianças, de 0 a 6 anos de idade, sendo que a maioria tinha entre 1 e 3 anos (19; 54,3%). Elas foram submetidas ao Teste de Denver II, que avalia quatro áreas do desenvolvimento neuropsicomotor: […]