einstein (São Paulo). 01/dez/2015;13(4):518-24.

Temperatura de referência das mamas: proposta de uma equação

Gladis Aparecida Galindo Reisemberger de Souza, Marcos Leal Brioschi, José Viriato Coelho Vargas, Keli Cristiane Correia Morais, Carlos Dalmaso Neto, Eduardo Borba Neves

DOI: 10.1590/S1679-45082015AO3392

RESUMO
Objetivo
Desenvolver uma equação de estimativa da temperatura de referência das mamas, de acordo com a variação das temperaturas ambiente e central.
Métodos
Foram avaliadas quatro mulheres assintomáticas durante três ciclos menstruais consecutivos. Mensuraram-se, por termografia, as temperaturas das mamas e ocular, como referência indireta das temperaturas central e ambiente. Para análise do comportamento térmico durante o ciclo as temperaturas das mamas, foram normalizadas com a temperatura central e ambiente por meio de uma equação matemática.
Resultados
Foram realizadas 180 observações, sendo que a temperatura central apresentou a maior correlação com a temperatura das mamas, seguida da temperatura ambiente. O modelo de predição proposto conseguiu explicar 45,3% da variação da temperatura das mamas com temperatura ambiente variável podendo ser aceito como uma forma de estimar a temperatura de referência das mesmas em diferentes temperaturas ambientais.
Conclusão
A temperatura média das mamas em mulheres saudáveis teve relação direta com a temperatura central e ambiente, e pôde ser estimada matematicamente. Sugere-se que uma equação poderia ser utilizada para estimativa da temperatura de referência da mama normal em mulheres, independente do dia do ciclo e, portanto, auxiliar na avaliação de estudos anatômicos.

Temperatura de referência das mamas: proposta de uma equação

49

Comentários