einstein (São Paulo). 01/abr/2011;9(2 Pt 1):224-8.

O efeito imunomodulatório de células-tronco mesenquimais

Luciana Cavalheiro Marti, Andreza Alice Feitosa Ribeiro, Nelson Hamerschlak

DOI: 10.1590/S1679-45082011RW1843

RESUMO

As células-tronco mesenquimais são uma população adulta de células não hematopoiéticas, que podem se diferenciar em uma variedade de tipos celulares, como osteócitos, condrócitos, adipócitos e miócitos. Apresentam propriedades imunomoduladoras, que levaram a considerar seu uso para inibir as respostas imunes. Nesse contexto, as células-tronco mesenquimais inibem com eficiência a maturação, a produção de citocinas, e a capacidade de estimular as células T das células dendríticas. Podem também impedir a proliferação, secreção de citocina e o potencial citotóxico dos linfócitos T. Além disso, as células-tronco mesenquimais são capazes de inibir a diferenciação de células B em plasmócitos ao inibir sua capacidade de produzir anticorpos. Uma variedade de modelos animais confirma as propriedades imunomoduladoras das células-tronco mesenquimais. Alguns estudos clínicos que incluíram pacientes com doença do enxerto contra hospedeiro mostraram que a administração de células-tronco mesenquimais resultou em respostas clínicas significativas. Portanto, as célulastronco mesenquimais parecem melhorar a doença do enxerto contra hospedeiro e são candidatas promissoras na prevenção e tratamento de doenças imunomediadas devido à sua capacidade imunomoduladora à baixa imunogenicidade.

O efeito imunomodulatório de células-tronco mesenquimais

Comentários