Todos as publicações de “Luciana Cavalheiro Marti”

7 results

Quimiocinas e imunidade

Diana Carolina Torres Palomino, Luciana Cavalheiro Marti

DOI: 10.1590/S1679-45082015RB3438

Quimiocinas são uma grande família de pequenas citocinas e seu peso molecular varia de 7 a 15kDa. As quimiocinas e seus receptores são capazes de controlar a migração e a residência de células imunes. Algumas quimiocinas são consideradas pró-inflamatórias e podem ser induzidas durante a resposta imune no sítio de infecção, enquanto outras são consideradas homeostáticas e estão envolvidas no controle da migração celular durante o desenvolvimento ou a manutenção dos tecidos. A importância fisiológica dessa família de mediadores é […]

Dados recentes em IL-17 e Th17, e implicações na doença do enxerto contra hospedeiro

Marília Normanton, Luciana Cavalheiro Marti

DOI: 10.1590/S1679-45082013000200019

A interleucina 17 humana foi descrita pela primeira vez em 1995, como uma nova citocina produzida principalmente por células T CD4+ ativadas, que estimulam a secreção de IL-6 e IL-8 por fibroblastos humanos, além de aumentar a expressão de ICAM-1. Vários autores relataram que a IL-17A tem um papel na proteção de organismos contra bactérias extracelulares e fungos devido à capacidade de recrutar neutrófilos para as áreas de infecção, evidenciando um papel patológico em vários modelos de doenças autoimunes, como […]

Isolamento e caracterização de células-tronco mesenquimais de filtros reutilizáveis e descartáveis de medula óssea

Glaziane Cordeiro de Deus, Marilia Normanton, Nelson Hamerschlak, Andrea Tiemi Kondo, Andreza Alice Feitosa Ribeiro, Anna Carla Goldberg, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082012000300007

Objetivo:Comparar as células-tronco mesenquimais humanas obtidas de filtros de coleta reutilizáveis àquelas coletadas em filtros descartáveis e caracterizá-las utilizando os critérios da International Society for Cellular Therapy.MÉTODOS:Foram isoladas células-tronco mesenquimais humanas de kits de coleta de medula óssea reutilizáveis e descartáveis, pela lavagem dos filtros com meio de cultura. As células isoladas foram caracterizadas de acordo com os critérios estabelecidos pela International Society for Cellular Therapy, por meio das técnicas de citometria de fluxo, diferenciação in vitro e citoquímica.RESULTADOS:As amostras […]

Isolamento, cultivo e caracterização de células-tronco CD133+ de glioblastoma humano

Lorena Favaro Pavon, Luciana Cavalheiro Marti, Tatiana Tais Sibov, Liza Aya Mabuchi Miyaki, Suzana Maria Fleury Malheiros, Javier Bustamante Mamani, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082012000200013

Objetivo:Estabelecer o método de isolamento e cultivo das neuroesferas de glioblastoma humano, bem como purificação de suas células-tronco, seguido do processo de obtenção de subesferas tumorais, caracterizando imunofenotipicamente esse conjunto clonogênico.MÉTODOS:Por meio do processamento de amostras de glioblastomas (n=3), cumpriu-se a seguinte estratégia de ação: (i) estabelecimento da cultura primária de glioblastoma; (ii) isolamento e cultura de neuroesferas tumorais; (iii) purificação das células que iniciam os tumores (CD133+) por sistema de separação magnética (MACS); (iv) obtenção subesferas tumorais; (v) estudo […]

Avaliação da marcação de células-tronco mesenquimais de cordão umbilical com nanopartículas superparamagnéticas de óxido de ferro recobertas com Dextran e complexadas a Poli-L-Lisina

Tatiana Taís Sibov, Liza Aya Mabuchi Miyaki, Javier Bustamante Mamani, Luciana Cavalheiro Marti, Luiz Roberto Sardinha, Lorena Favaro Pavon, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082012000200011

Objetivo:O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da marcação de células-tronco mesenquimais obtidas da parede da veia do cordão umbilical com nanopartículas de óxido de ferro superparamagnéticas recobertas com dextran e complexadas a um agente transfector não viral denominado de Poli-L-Lisina.MÉTODOS:A marcação das células-tronco mesenquimais foi realizada utilizando as nanopartículas de óxido de ferro superparamagnéticas recobertas com dextran complexadas e não complexadas a Poli-L-Lisina. As nanopartículas de óxido de ferro superparamagnéticas recobertas com dextran foram incubadas com o Poli-L-Lisina […]

Do transplante de medula à terapia biológica complexa

Luciana Cavalheiro Marti, Luiz Vicente Rizzo

DOI: 10.1590/S1679-45082011RB2023

RESUMO As principais complicações após o transplante de medula óssea estão relacionadas a infecções oportunistas e doença do enxerto contra hospedeiro. Atualmente, existe muito conhecimento sendo adicionado ao campo de transplante de medula óssea e novas terapias foram propostas no sentido de superar essas complicações. Por trás dessas novas terapias, como a transferência adotiva de células T ou a infusão com células-tronco mesenquimais, existe um desenvolvimento significativo de pesquisa na área básica que corroborou esses avanços clínicos. Muito desse conhecimento […]

O efeito imunomodulatório de células-tronco mesenquimais

Luciana Cavalheiro Marti, Andreza Alice Feitosa Ribeiro, Nelson Hamerschlak

DOI: 10.1590/S1679-45082011RW1843

RESUMO As células-tronco mesenquimais são uma população adulta de células não hematopoiéticas, que podem se diferenciar em uma variedade de tipos celulares, como osteócitos, condrócitos, adipócitos e miócitos. Apresentam propriedades imunomoduladoras, que levaram a considerar seu uso para inibir as respostas imunes. Nesse contexto, as células-tronco mesenquimais inibem com eficiência a maturação, a produção de citocinas, e a capacidade de estimular as células T das células dendríticas. Podem também impedir a proliferação, secreção de citocina e o potencial citotóxico dos […]