einstein (São Paulo). 01/mar/2012;10(1):44-52.

Estado nutricional e consumo alimentar de pacientes com psoríase dos tipos sistêmica e artropática sistêmica associada

Marina Yazigi Solis, Nathalia Stefani de Melo, Maria Elisa Moschetti Macedo, Fabiana Prata Carneiro, Cid Yazigi Sabbag, Antonio Hebert Lancha Junior, Vera Silvia Frangella

DOI: 10.1590/S1679-45082012000100010

Objetivo:
Identificar o estado nutricional e o consumo alimentar de indivíduos com psoríase sistêmica e artropática associada.
MÉTODOS:
Pesquisa exploratória e transversal, na qual avaliaram-se 34 homens, de 19 a 60 anos, atendidos em um Centro de Psoríase, separando-os em Grupo PS (com psoríase sistêmica) e Grupo PAS (com sistêmica mais artropática). A avaliação nutricional deu-se pelo emprego da antropometria; bioimpedância e plestimografia de corpo inteiro. Aspectos clínicos e nutricionais foram investigados pela anamnese clínica, nutricional e recordatório de 24 horas. Empregou-se o teste General Linear Model (p < 0,05) para avaliação estatística.
RESULTADOS:
Segundo Índice de Massa Corporal, 29,4% (n = 10) apresentaram-se eutróficos; 41,2% (n = 14) com sobrepeso e 29% (n = 10) com obesidade. A maioria dos avaliados (60%; n = 21) apresentou valor da porcentagem de gordura (avaliada pela antropometria, bioimpedância e plestimografia de corpo inteiro) acima da normalidade (> 25%) e com risco alto para complicações metabólicas segundo CC e índice de obesidade, sem diferença estatística significativa entre os grupos. O consumo alimentar médio de lipídio, calorias e proteína apresentou-se acima do recomendado, sendo 58,8% para os lípides (319,17 ± 241,02 mg de colesterol e 17,42 ± 11,4 g de ácidos graxos saturados); 29,4% para as calorias e 67,6% para as proteínas. Assim, independentemente do tipo de psoríase, encontrou-se consumo excessivo de calorias, lípides, colesterol e ácidos graxos, além de maior ocorrência de excesso de peso.
CONCLUSÃO:
A amostra apresentou estado nutricional comprometido, aumento do risco para doenças crônicas relacionadas à obesidade, agravamento das lesões e má qualidade de vida.

Estado nutricional e consumo alimentar de pacientes com psoríase dos tipos sistêmica e artropática sistêmica associada

47

Comentários