einstein (São Paulo). 15/jun/2018;16(2):eAO4205.

Avaliação da qualidade do sono em mulheres com incontinência urinária antes e depois da correção cirúrgica

Josyandra Paula de Freitas, Mariana Pereira Inácio Silvestri, César Eduardo Fernandes, Emerson de Oliveira

DOI: 10.1590/S1679-45082018AO4205

RESUMO

Objetivo:

Avaliar a qualidade do sono em mulheres com incontinência urinária antes e após correção cirúrgica do tipo sling.

Métodos:

Estudo prospectivo do tipo série de casos de mulheres com diagnóstico urodinâmico de incontinência urinária de esforço. Para avaliar a qualidade subjetiva do sono, utilizaram-se dois questionários específicos e validados para a língua portuguesa: Escala de Sonolência de Epworth e Índice de Qualidade do Sono de Pittsburgh. Os questionários foram aplicados antes e 6 meses após a correção cirúrgica.

Resultados:

Ao analisar a Escala de Sonolência de Epworth, houve melhora da qualidade do sono (p=0,0401). Para o Índice de Qualidade do Sono de Pittsburgh, apenas para o transtorno do sono, houve melhora da qualidade do sono após a cirurgia (p=0,0127).

Conclusão:

Mulheres com incontinência urinária, submetidas à correção cirúrgica por meio de sling, apresentaram melhora tanto na qualidade do sono como no transtorno do sono.

Avaliação da qualidade do sono em mulheres com incontinência urinária antes e depois da correção cirúrgica

Comentários