einstein (São Paulo). 01/jun/2014;12(2):237-41.

Aorta em recife de coral, emergência cirúrgica: relato de caso e revisão da literatura

Sergio Quilici Belczak, Igor Rafael Sincos, Ricardo Aun, Kaline Viana Costa, Etianne Andrade Araujo

DOI: 10.1590/S1679-45082014RC2772

A aorta em recife de corais é descrita como uma entidade incomum caracterizada pela presença de calcificações grosseiras, que se desenvolvem na aorta visceral. Essas calcificações crescem em direção ao lúmen da artéria e podem resultar em estenose significativa, gerando má perfusão dos membros inferiores, isquemia visceral ou hipertensão secundária ao acometimento renal. Relata-se aqui o caso de um paciente de 54 anos portador de aorta em recife e sintomático. O quadro clínico do paciente exigiu abordagem cirúrgica. Foi realizada revisão de literatura nas principais bases de dados para comparar os aspectos relacionados à apresentação e à conduta da doença. Em pacientes com sinais de isquemia visceral ou em membros inferiores, deve-se considerar o diagnóstico de aorta em recife de coral. A abordagem, no caso relatado, foi consistente com estudos publicados anteriormente na literatura.

Aorta em recife de coral, emergência cirúrgica: relato de caso e revisão da literatura

68

Comentários