einstein (São Paulo). 19/maio/2015;13(3):423-5.

Tuberculose linfonodal axilar coexistente com carcinoma mamário em tratamento adjuvante: relato de caso

Silvio Eduardo Bromberg, Paulo Gustavo Tenório do Amaral

DOI: 10.1590/S1679-45082015RC2963

A coexistência de câncer de mama e tuberculose é rara. Na maioria das vezes, o acometimento pela tuberculose ocorre nos linfonodos axilares. Relatamos caso clínico de paciente de 43 anos submetida à adenomastectomia e à biópsia de linfonodo sentinela à esquerda devido a um carcinoma ductal triplo negativo. Ao final do tratamento adjuvante, a paciente apresentou linfonodomegalia atípica em axila esquerda. Foi realizado exérese do linfonodo e, após análises laboratoriais, diagnosticou-se tuberculose ganglionar. A paciente foi submetida a tratamento para tuberculose primária. O desenvolvimento dessas duas patologias pode acarretar problemas quanto ao diagnóstico e ao tratamento. O diagnóstico acurado é importante para evitar procedimentos cirúrgicos desnecessários.

Tuberculose linfonodal axilar coexistente com carcinoma mamário em tratamento adjuvante: relato de caso

45

Comentários