einstein (São Paulo). 08/jun/2019;17(3):eAO4607.

O sexo masculino é fator de risco independente para pior desenvolvimento neurológico na idade corrigida de 20 meses, em lactentes muito prematuros e alimentados com leite humano: estudo de coorte

Israel Macedo ORCID logo , Luis Pereira-da-Silva ORCID logo , Lília Brito ORCID logo , Manuela Cardoso ORCID logo

DOI: 10.31744/einstein_journal/2019AO4607

RESUMO

Objetivo:

Determinar a associação entre sexo e desfechos relativos ao neurodesenvolvimento em lactentes muito prematuros e alimentados com leite humano, ajustada para a ingestão de nutrientes medida nos primeiros dias de vida e outros cofatores neonatais.

Métodos:

Consideramos, para este estudo, lactentes alimentados com leite humano, consecutivamente nascidos em um centro especializado, com idade gestacional <33 semanas. A ingestão intra-hospitalar de energia e proteínas baseou-se na composição medida do leite humano. Os índices de desenvolvimento mental e psicomotor das Bayley Scales of Infant Development II foram usados para avaliar o neurodesenvolvimento na idade corrigida de 20 meses. Após a análise univariada, algumas covariáveis foram usadas para a regressão múltipla linear.

Resultados:

Incluímos 32 lactentes, com idade gestacional média (desvio padrão) de 29,8 (1,8) semanas e mediana de peso ao nascimento de 1168g (intervalo interquartil: 990-1419g). A ingestão mínima recomendada foi atingida em 63,6% e 15,2% dos lactentes, para proteínas e energia, respectivamente. Os índices de desenvolvimento mental e psicomotor ficaram dentro dos limites normais em 93,8% dos lactentes. A pontuação média nos índices de desenvolvimento mental e psicomotor foi significativamente menor no bebês do sexo masculino. Somente o sexo masculino afetou negativa e significativamente os índices de desenvolvimento mental e psicomotor (B=-9,44; IC95%: -17,64- -1,23; r2 ajustado=0,17; p=0,026), ajustados para idade gestacional e ingestão de energia medida.

Conclusão:

Em lactentes muito prematuros e alimentados com leite humano, o sexo masculino teve pontuação significativamente mais baixa nos índices de desenvolvimento mental e psicomotor na idade corrigida de 20 meses, ajustada para idade gestacional e ingestão de energia medida.

O sexo masculino é fator de risco independente para pior desenvolvimento neurológico na idade corrigida de 20 meses, em lactentes muito prematuros e alimentados com leite humano: estudo de coorte

Comentários