einstein (São Paulo). 01/out/2010;8(4 Pt 1):430-2.

Diagnóstico de dores do crescimento em uma população pediátrica brasileira: uma investigação prospectiva

Luciana Pereira Almeida de Piano, Ricardo Prado Golmia, Andrea Pimentel Fonseca Golmia, Adriana Maluf Elias Sallum, Lucia Akemi Nukumizu, Damião Guedes Castro, Morton Aaron Scheinberg

DOI: 10.1590/S1679-45082010AO1692

RESUMO

Objetivo:

Estabelecer os aspectos clínicos de dores do crescimento e determinar, por meio de diagnóstico diferencial, quantos pacientes com essas dores foram espontaneamente a uma clínica especializada e obtiveram o diagnóstico de dores de crescimento.

Métodos:

Este estudo analisou prospectivamente a presença de dores do crescimento em uma população de crianças e adolescentes com sinais e sintomas (dores nos membros inferiores) de etiologia desconhecida.

Resultados:

Foram avaliados 345 crianças e adolescentes; 174 (50,4%) eram do sexo masculino e 171 (49,6%) do sexo feminino. Trezentos casos foram classificados como dor de crescimento (87%).

Conclusão:

Foi encontrada uma elevada frequência de dor de crescimento na população estudada e isso mostra que, em avaliação prospectiva de pacientes com sinais e sintomas de etiologia desconhecida, pode ser encontrada uma frequência maior de dores de crescimento do que a relatada na literatura.

Diagnóstico de dores do crescimento em uma população pediátrica brasileira: uma investigação prospectiva

Comentários