einstein (São Paulo). 01/jun/2013;11(2):256-60.

Comportamento materno em ciência básica: pesquisa translacional e aplicabilidade clínica

Gabriel Natan Pires, Sergio Tufik, Márcia Giovenardi, Monica Levy Andersen

DOI: 10.1590/S1679-45082013000200021

Os aspectos clínicos da relação materno-infantil e assuntos a eles associados são suficientemente bem estudados e conhecidos, e de grande importância à prática médica. Contudo, algumas abordagens de pesquisa, nesse contexto, não podem ser feitas em seres humanos de forma plausível, devido a implicações éticas e ao potencial dano à saúde, tanto da mãe quanto da criança. Os estudos sobre comportamento materno em animais apresentam importância evidente em áreas clínicas, como psiquiatria e psicologia, particularmente quando considerados temas como relação materno-infantil, depressão pós-parto, desenvolvimento cognitivo e comportamental infantil, entre outros. Portanto, este ensaio teórico chama atenção para a aplicabilidade clínica de estudos sobre comportamento materno feitos em animais de experimentação em psicobiologia, considerando uma perspectiva translacional.

Comportamento materno em ciência básica: pesquisa translacional e aplicabilidade clínica

35

Comentários