einstein (São Paulo). 01/mar/2013;11(1):1-10.

Produção científica e produção tecnológica: transformando um trabalho científico em pedidos de patente

Cleber Gustavo Dias, Roberto Barbosa de Almeida

DOI: 10.1590/S1679-45082013000100003

O Brasil vem apresentando, nos últimos anos, uma produção científica bastante reconhecida no cenário internacional, nas mais diversas áreas do conhecimento, tomando por base o impacto de suas publicações em eventos de grande monta e, especialmente, em revistas indexadas de grande circulação. De outra forma, o país parece não caminhar na mesma direção quando se trata da produção tecnológica e da geração de riqueza a partir do desenvolvimento científico estabelecido e, particularmente, a partir da pesquisa científica aplicada. O presente trabalho abordou tal questão e discorreu acerca das principais semelhanças e diferenças entre um artigo científico e o texto de um pedido de patente, a fim de contribuir para um melhor entendimento dos dois tipos de documento, auxiliar os pesquisadores na escolha e seleção dos resultados com potencial tecnológico, decidir o que é adequado para fins de proteção industrial, bem como alavancar novas oportunidades de negócio para cada tecnologia criada.

Produção científica e produção tecnológica: transformando um trabalho científico em pedidos de patente

40

Comentários