Pembrolizumabe para tratamento da leucoencefalopatia multifocal progressiva

A leucoencefalopatia multifocal progressiva é uma infecção oportunista que afeta o sistema nervoso central por meio do vírus JC, vírus comumente encontrado nos rins. Pacientes imunodeprimidos e com baixas contagens de células T ou função de células T são, em geral, as vítimas fatais desta infecção, a não ser que restaurada a função imune. A proteína PD-1 presente na superfície de células T suprime a função dessas células. O bloqueio dessas proteínas leva ao aumento da função imune. Neste estudo, 8 pacientes com leucoencefalopatia multifocal progressiva receberam dose de pembrolizumabe de 2mg/k do peso corporal, foram administradas doses a cada 4 ou 6 semanas.  Nenhum paciente recebeu mais do que 3 doses. Cinco pacientes responderam com melhora clínica ou estabilização do quadro e redução da carga viral do vírus JC no líquido cefalorraquidiano, além de aumento do numero de células CD4 e CD8.

Cortese I, Muranski P, Enose-Akata Y, Seung-Kwon H, Smith B, Monaco MC, et al. Penbrolizumab treatment for progressive multifocal leukoencephalophaty. N Engl J Med. 2019;380:1597-1605. https://doi.org/10.1056/NEJMoa1815039.

Pembrolizumabe para tratamento da leucoencefalopatia multifocal progressiva

Comentários