Volume 16, Número 4, outubro/dezembro 2018

Reconstrução urológica tardia de gêmeos isquiópagos com extrofia de bexiga e incontinência urinária

Antonio Macedo Jr ORCID logo , Marcela Leal da Cruz ORCID logo

DOI: 10.31744/einstein_journal/2018RC3887

RESUMO Relata-se caso de reconstrução urinária em gêmeos siameses previamente separados com apresentação clínica de bexiga extrófica e incontinência urinária. Os dois pacientes eram do sexo masculino com idade de 13 anos. O primeiro gêmeo apresentava falha da enterocistoplastia com extrusão e visualização da neobexiga extrófica, tendo sido submetido ao fechamento do colo vesical e à reconfiguração da parede abdominal. Após o procedimento, o paciente desenvolveu fístula, que foi tratada, mas persistiu. Posteriormente, optamos por bolsa cateterizável, descartando a bexiga […]

Ablação percutânea com laser de nódulos benignos de tireoide: um estudo de acompanhamento de um ano

Antonio Rahal Junior ORCID logo , Priscila Mina Falsarella ORCID logo , Guilherme Falleiros Mendes ORCID logo , Jairo Tabacow Hidal ORCID logo , Danielle Macellaro Andreoni ORCID logo , José Flávio Ferreira Lúcio ORCID logo , [...]

DOI: 10.31744/einstein_journal/2018AO4279

RESUMO Objetivo Avaliar a segurança e a efetividade da redução de volume nodular e função tireoidiana após tratamento com ablação percutânea por laser em pacientes com nódulos tireoidianos benignos não funcionantes. Métodos Estudo unicêntrico prospectivo, de janeiro de 2011 a outubro de 2012, que avaliou 30 pacientes eutireoideos (com anticorpos antitireoide negativos), com nódulo solitário ou dominante benigno, com indicação de tratamento devido a sintomas de compressão e distúrbios estéticos. As avaliações clínica e laboratorial (ultrassonografia de tireoide, TSH, FT4, […]

A disfunção temporomandibular afeta a qualidade de vida?

Débora de Melo Trize ORCID logo , Marcela Pagani Calabria ORCID logo , Solange de Oliveira Braga Franzolin ORCID logo , Carolina Ortigosa Cunha ORCID logo , Sara Nader Marta ORCID logo

DOI: 10.31744/einstein_journal/2018AO4339

RESUMO Objetivo Determinar o impacto das disfunções temporomandibulares na qualidade de vida. Métodos Foram incluídos 102 pacientes voluntários (68 mulheres) com idades entre 19 e 86 anos, que buscaram atendimento médico nas clínicas de saúde da universidade e foram avaliados no período de setembro a dezembro de 2013. Os pacientes foram examinados segundo os Critérios Diagnósticos para Pesquisa em Disfunções Temporomandibulares, usando um algômetro mecânico (Palpeter®) com pressão padronizada de 0,5 e 1,0kg e o questionário Medical Outcomes Study 36-Item […]

Efeito do treinamento auditivo-motor no processamento auditivo de escolares

Fátima Aparecida Gonçalves ORCID logo , Márcia Ribeiro Vieira ORCID logo , Liliane Desgualdo Pereira ORCID logo

DOI: 10.31744/einstein_journal/2018AO4359

RESUMO Objetivo Comparar as respostas da Avaliação Simplificada do Processamento Auditivo Central às da Scale of Auditory Behaviors antes e depois de um treinamento auditivo e de habilidades motoras. Métodos Participaram 162 escolares de 9 a 11 anos de escola pública municipal da cidade de São Paulo (SP), sendo 122 deles divididos em três grupos experimentais: Multissensorial; Auditivo/Motor e Motor/Auditivo. Eles receberam estimulação auditiva, visuoespacial e motora durante 8 semanas (8 horas). O Grupo Controle, que não recebeu estimulação, foi […]

Características clínicas, dietéticas e demográficas que interferem na qualidade de vida de pacientes com câncer

Juliana Alvares Duarte Bonini Campos ORCID logo , Wanderson Roberto da Silva ORCID logo , Maria Claudia Bernardes Spexoto ORCID logo , Sergio Vicente Serrano ORCID logo , João Marôco ORCID logo

DOI: 10.31744/einstein_journal/2018AO4368

RESUMO Objetivo Estimar a ingestão dietética de pacientes com câncer e sua relação com características clínicas e demográficas, além de verificar a contribuição da ingestão dietética, apetite/sintomas e características clínicas e demográficas para a qualidade de vida deles. Métodos Foi estimado o consumo de energia e de macronutrientes. A relação entre ingestão dietética e características clínicas e demográficas foi avaliada pela análise de variância. A ingestão de energia e macronutrientes dos pacientes foi comparada com a necessidade nutricional, utilizando intervalo […]

Perfil de medicamentos utilizados por automedicação por idosos atendidos em centro de referência

Samanta Bárbara Vieira de Oliveira ORCID logo , Soraya Coelho Costa Barroso ORCID logo , Maria Aparecida Camargos Bicalho ORCID logo , Adriano Max Moreira Reis ORCID logo

DOI: 10.31744/einstein_journal/2018AO4372

RESUMO Objetivo Determinar o perfil dos medicamentos utilizados por automedicação por idosos. Métodos Estudo transversal baseado em entrevistas com idosos atendidos de julho de 2014 a julho de 2015 em um centro de referência na Atenção à Saúde do Idoso de um hospital de ensino. Foram coletadas informações clínicas, demográficas e farmacoterápicas. Resultados Entrevistaram-se 170 idosos, 85,9% eram mulheres e a mediana de idade foi 76 anos. A frequência de automedicação foi 80,5%. Os medicamentos mais utilizados por automedicação foram […]

Hemangioma de nervo facial em orelha média

Ludmilla Emilia Martins Costa ORCID logo , Rafael Freire de Castro ORCID logo , Fabiolla Maria Martins Costa ORCID logo , Mônica Alcântara de Oliveira Santos ORCID logo

DOI: 10.31744/einstein_journal/2018RC4509

RESUMO O hemangioma do nervo facial é um tumor vascular raro e benigno, que corresponde a 0,7% dos tumores intratemporais. Apresentamos o segundo caso descrito na literatura de hemangioma do nervo facial em sua porção timpânica. Paciente de 14 anos, sexo masculino, apresentando hipoacusia progressiva em orelha direita com mímica facial preservada. A audiometria evidenciou perda condutiva moderada à direita. A ressonância magnética demonstrou lesão expansiva, comprometendo o segmento timpânico do nervo facial direito, sugestiva de hemangioma do nervo facial. […]

Monitoramento da terapia com anticorpo policlonal antilinfócitos T em transplantados renais: comparação da contagem de células T CD3+ e de linfócitos totais

Fabiani Palagi Machado ORCID logo , Alessandra Rosa Vicari ORCID logo , Fábio Spuldaro ORCID logo , João Batista Saldanha de Castro Filho ORCID logo , Roberto Ceratti Manfro ORCID logo

DOI: 10.31744/einstein_journal/2018AO4278

RESUMO Objetivo: Investigar a correlação entre a contagem de linfócitos totais e células T CD3+ no sangue periférico em receptores de transplante renal submetidos a tratamento com globulina antitimocitária, e discutir resultados relacionados. Métodos: Estudo retrospectivo de centro único envolvendo 226 pacientes submetidos a transplante renal entre 2008 e 2013 e tratados com globulina antitimocitária, para fins de indução ou tratamento de rejeição celular. As doses foram ajustadas de acordo com a contagem de células T CD3+ ou linfócitos totais […]

Que futuro tem o Sistema Único de Saúde brasileiro?

Jacyr Pasternak ORCID logo

DOI: 10.31744/einstein_journal/2018ED4811

Somos o país de maior população no planeta, que tem um serviço de atendimento compreensivo à saúde, sem pagamento na ponta do sistema.() Este foi claramente inspirado no modelo inglês do National Health Service e tem aspectos que funcionam muito bem: nosso programa de vacinação é de excelência, com disponibilização de mais vacinas que o que é oferecido em países mais ricos,() assim como nosso sistema de atendimento a pessoas infectadas pelo HIV. Entretanto, o Sistema Único de Saúde (SUS) […]

Nanotecnologia e as células progenitoras adultas multipotentes na Medicina Reparativa: perspectivas terapêuticas

Angela Mazzeo ORCID logo , Enrico Jardim Clemente Santos ORCID logo

DOI: 10.31744/einstein_journal/2018RB4587

RESUMO A biologia das células-tronco é um dos campos mais dinâmicos e promissores das ciências biológicas, pois é a base do desenvolvimento dos organismos. Sua complexidade biológica demanda esforços de diversas linhas de pesquisa, visando principalmente à sua utilização terapêutica. A Nanotecnologia surge como um novo campo de estudo, o qual demonstra grande potencial no que tange ao tratamento de diversas doenças. Esta nova área da saúde vem sendo denominada “Nanomedicina” ou “Bionanotecnologia”, a qual pode ser aplicada na Medicina […]

1 2 3