Volume 16, Número 3, julho/setembro 2018

Treinamento físico reverte alterações no diâmetro de mitocôndrias hepáticas de ratos diabéticos induzidos pela Aloxana

Gabriel Keine Kuga ORCID logo , Rafael Calais Gaspar ORCID logo , Vitor Rosetto Muñoz ORCID logo , Susana Castelo Branco Ramos Nakandakari ORCID logo , Leonardo Breda ORCID logo , Bruna Marina Sandoval ORCID logo , [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082018AO4353

RESUMO Objetivo Investigar os efeitos do treinamento físico nos parâmetros morfológicos e metabólicos de ratos diabéticos. Métodos Ratos Wistar foram randomizados para quatro grupos: controle sedentário, controle treinado, diabético sedentário e diabético treinado. Diabetes mellitus foi induzido por administração de Aloxana (35mg/kg) nos Grupos Diabético Sedentário e diabético treinado. O protocolo de treinamento físico incluiu natação com carga de 2,5% do peso corporal, por 60 minutos por dia (5 dias por semana) para os Grupos Controle Treinado e diabético treinado, […]

Colonização oral por espécies de Candida em pacientes HIV positivo: estudo de associação e suscetibilidade antifúngica

Letícia Silveira Goulart ORCID logo , Werika Weryanne Rosa de Souza ORCID logo , Camila Aoyama Vieira ORCID logo , Janaina Sousa de Lima ORCID logo , Ricardo Alves de Olinda ORCID logo , Claudinéia de Araújo ORCID logo

DOI: 10.1590/S1679-45082018AO4224

RESUMO Objetivo Investigar a suscetibilidade a antifúngicos e os fatores associados à colonização oral por espécies de Candida isoladas de pacientes HIV positivo. Métodos Estudo prospectivo realizado com amostragem por conveniência de indivíduos HIV positivo, acompanhados por um serviço de atendimento especializado da cidade de Rondonópolis, Mato Grosso, Brasil. Foram coletados swabs orais de 197 pacientes. As espécies de Candida foram identificadas por técnicas microbiológicas fenotípicas padrão e por método molecular. A suscetibilidade antifúngica foi determinada pelo método de microdiluição […]

Estudo caso-controle de índices de doenças bucais em indivíduos com câncer de cabeça e pescoço após terapia antineoplásica

Reyna Aguilar Quispe ORCID logo , Adrielle Lindolpho Cremonesi ORCID logo , Jeanne Kelly Gonçalves ORCID logo , Cassia Maria Fischer Rubira ORCID logo , Paulo Sérgio da Silva Santos ORCID logo

DOI: 10.1590/S1679-45082018AO4245

RESUMO Objetivo Avaliar a saúde bucal de pacientes com câncer de cabeça e pescoço após tratamento antineoplásico, e compará-los com pacientes sem histórico de câncer. Métodos Foram avaliados 75 pacientes, divididos em Grupo de Estudo de indivíduos após tratamento antineoplásico (n=30) e Grupo de Controle de indivíduos sem histórico de câncer (n=45), com faixa etária de 35 a 79 anos. A condição de saúde oral foi avaliada pelo índice de dentes permanentes cariados, perdidos e obturados (CPOD), pelo índice periodontal […]

Injeções intradetrusoras de onabotulinumtoxinA são significativamente mais eficazes que oxibutinina oral para tratamento da hiperatividade detrusora neurogênica: resultados de estudo randomizado e controlado de 24 semanas

Rúiter Silva Ferreira ORCID logo , Carlos Arturo Levi D’Ancona ORCID logo , Matthias Oelke ORCID logo , Maurício Rassi Carneiro ORCID logo

DOI: 10.1590/S1679-45082018AO4207

RESUMO Objetivo Comparar prospectivamente os resultados de injeções intradetrusoras de onabotulinumtoxinA e oxibutinina oral em pacientes com hiperatividade neurogênica do detrusor devido à lesão da medula espinhal, para avaliar a continência urinária, os parâmetros urodinâmicos e a qualidade de vida. Métodos Pacientes adultos em cateterismo intermitente foram randomizados 1:1 para tratamento com uma injeção de onabotulinumtoxinA 300U ou oxibutinina 5mg via oral, três vezes por dia. O desfecho primário foi alteração nos episódios de incontinência urinária em 24 horas, e […]

Análise dos indicadores do Programa Saúde da Família na Região Metropolitana de São Paulo

Paulo Augusto Monteclaro Cesar ORCID logo , Márcia Mello Costa De Liberal ORCID logo , Valdecir Marvulle ORCID logo , Paola Zucchi ORCID logo

DOI: 10.1590/S1679-45082018GS4174

RESUMO Objetivo Analisar o Programa Saúde da Família, substituído pela Estratégia Saúde da Família em 2011, considerando os indicadores de saúde e as doenças classificadas como sensíveis à Atenção Primária. Métodos Trata-se de estudo descritivo, analítico e documental, realizado na Região Metropolitana de São Paulo, no período de 2002 a 2007. Foram analisados dados fornecidos pelo Observatório de Saúde da Região Metropolitana de São Paulo. Após a coleta, calcularam-se, com base na correlação de Pearson e por meio do software […]

Tendências no tratamento cirúrgico das fraturas do colo do fêmur em idosos

Eva Jolanda Irene Lehtonen ORCID logo , Robert Davis Stibolt Jr ORCID logo , Walter Smith ORCID logo , Bradley Wills ORCID logo , Martim Correia Pinto ORCID logo , Gerald McGwin Jr ORCID logo , [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082018AO4351

RESUMO Objetivo Analisar tendências recentes demográficas e de faturamento médico no tratamento de fraturas do colo do fêmur em idosos americanos. Métodos O banco de dados National Surgical Quality Improvement Program, do American College of Surgeons, foi analisado de 2006 a 2015, para pacientes com idade igual ou superior a 65 anos, usando os códigos de Current Procedural Terminology 27130, 27125, 27235 e 27236. Dados demográficos dos pacientes, complicações pós-operatórias e frequência de códigos foram comparados e analisados ao longo […]

Estimativa do risco de fratura óssea em pacientes em Atenção Domiciliar por meio da ferramenta FRAX®

Vitor Moraes Rocha ORCID logo , Heloisa Amaral Gaspar ORCID logo , Claudio Flauzino de Oliveira ORCID logo

DOI: 10.1590/S1679-45082018AO4236

RESUMO Objetivo Avaliar o risco de fratura de quadril e fratura osteoporótica, em 10 anos, em pacientes em atenção domiciliar, de acordo com a ferramenta FRAX®. Métodos Estudo transversal, retrospectivo, observacional realizados com pacientes de uma empresa de Assistência Domiciliar com idade ≥40 e ≤90 anos. Foi avaliado o risco de fratura por meio da calculadora on-line, tendo sido considerado elevado risco de fratura de quadril acima de 3% e elevado risco de fratura osteoporótica quando acima de 20%. Os […]

Comprometimento da articulação temporomandibular como única manifestação da artrite idiopática juvenil: um relato de caso

José Renato Ribeiro Pinto ORCID logo , Irineu Gregnanin Pedron ORCID logo , Estevam Rubens Utumi ORCID logo , Milton Edson Miranda ORCID logo , Elisa Cruz Pereira Pinto ORCID logo , Leopoldo Penteado Nucci ORCID logo

DOI: 10.1590/S1679-45082018RC4003

RESUMO Artrite idiopática juvenil é um termo usado para incluir toda artrite infantil crônica de etiologia desconhecida. É caracterizada por uma inflamação crônica, que persiste por pelo menos 6 semanas, com início antes dos 16 anos de idade. As características presentes são sinovite crônica, artralgia, mobilidade articular diminuída em pelo menos uma articulação, e erosão com destruição da cartilagem e do osso subcondral, podendo ser associada ou não com o envolvimento sistêmico, de acordo com cada subtipo da doença. Durante […]

Análise do tecido muscular de ratos Wistar submetidos ao modelo de compressão do nervo isquiático e à crioterapia

Jhenifer Karvat ORCID logo , Camila Mayumi Martin Kakihata ORCID logo , Lizyana Vieira ORCID logo , José Luis da Conceição Silva ORCID logo , Lucinéia de Fátima Chasko Ribeiro ORCID logo , Rose Meire Costa Brancalhão ORCID logo , [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082018AO4206

RESUMO Objetivo: Avaliar os efeitos da compressão nervosa do isquiático direito e da crioterapia no tecido muscular. Métodos: Foram utilizados 42 ratos Wistar machos, subdivididos nos Grupos Controle, Lesão 3, Lesão 8 e Lesão 15, submetidos a compressão nervosa e eutanasiados, respectivamente, no 3°, 8° e 15° dias pós-operatório; Lesão Crioterapia 3, tratado com crioterapia, por imersão durante 20 minutos, por 1 dia, e eutanasiados no 3° dia pós-operatório; e Lesão Crioterapia 8 e Lesão Crioterapia 15, tratados durante 6 […]

Parceria para o desenvolvimento produtivo com produtos biossimilares: perspectivas de acesso a produtos biológicos no mercado brasileiro

Morton Aaron Scheinberg ORCID logo , Paulo Antonio Oldani Felix ORCID logo , Igor Age Kos ORCID logo , Maurício De Angelo Andrade ORCID logo , Valderilio Feijó Azevedo ORCID logo

DOI: 10.1590/S1679-45082018RW4175

RESUMO O processo de manufatura de produtos biológicos é complexo, oneroso e crítico para o produto final, com impacto em sua eficácia e segurança. Seu uso está sendo cada vez mais ampliado no tratamento de diversas doenças, e cerca de 50% do orçamento anual do sistema de saúde público brasileiro é consumido por tais produtos. Com o término da proteção de patentes de produtos biológicos diversos, estão sendo desenvolvidos os biossimilares. Porém, há preocupações relacionadas com sua eficácia e segurança, […]

1 2 3