Volume 8, Número 3, julho/setembro 2010

Conhecimento científico na graduação do Brasil: comparação entre estudantes de Medicina e Direito

Antonio José Souza Reis Filho, Bruno Bezerril Andrade, Vitor Rosa Ramos de Mendonça, Manoel Barral-Netto

DOI: 10.1590/s1679-45082010ao1702

RESUMOObjetivo:A exposição à educação científica durante a faculdade pode afetar o perfil do estudante, e a experiência na pesquisa pode estar associada com um melhor desempenho profissional. Hipotetizamos que o impacto da experiência na pesquisa obtida durante a graduação varia entre os currículos profissionais e entre os cursos de graduação.Métodos:Um questionário validado de múltipla escolha sobre conceitos científicos foi dado aos alunos do primeiro e quarto anos das faculdades de Medicina e Direito em uma instituição pública brasileira de ensino.Resultados:Os […]

Correlação entre dois programas de atividade física na marcha de idosos sedentários

Mariana Varkala Lanuez, Fernanda Varkala Lanuez, Eduardo Gunther Montero, Wilson Jacob Filho

DOI: 10.1590/s1679-45082010ao1585

RESUMOObjetivos: Avaliar o efeito dos exercícios na marcha por meio de dois diferentes programas: o grupo dos exercícios aeróbios (Grupo A, n = 18) e o grupo que realizou exercícios de flexibilidade e equilíbrio (Grupo B, n = 19).Métodos:Este foi um estudo casualizado, ensaio controlado, no qual cada amostra foi controle dela mesma. Foram sujeitos desta pesquisa 37 idosos, com idade entre 60-90 anos, de ambos os sexos, encaminhados dos ambulatórios do serviço de Geriatria do Hospital das Clínicas da […]

Impacto das palestras educativas no conhecimento das adolescentes em relação às doenças sexualmente transmissíveis e câncer do colo uterino em Jundiaí, SP

João Bosco Ramos Borges, Marcus Vinícus Gonçalves Belintani, Patrícia Frodl Miranda, Ana Carolina Marchesini de Camargo, Renata Guarisi, Edna Marina Cappi Maia, [...]

DOI: 10.1590/s1679-45082010ao1544

RESUMOObjetivo:Avaliar o conhecimento das adolescentes moradoras nas regiões abrangentes da Vila Ana e da Morada das Vinhas, na cidade de Jundiaí (SP), sobre a prevenção e diagnóstico das principais doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) e do câncer de colo do útero, além de avaliar o impacto imediato de palestras educativas.Métodos:Foi realizado estudo prospectivo de corte transversal para avaliar o conhecimento de um determinado grupo de adolescentes sobre DSTs e câncer do colo uterino, por meio de um questionário aplicado antes e […]

Biomarcadores na doença de Parkinson: avaliação da expressão gênica no sangue periférico de pacientes com e sem mutações nos genes PARK2 e PARK8

Patricia Maria de Carvalho Aguiar, Patricia Severino

DOI: 10.1590/s1679-45082010ao1674

RESUMOObjetivo:Avaliar a viabilidade da análise da expressão gênica por microarray no sangue periférico de pacientes com doença de Parkinson com diferentes perfis genéticos, para a identificação de marcadores que possam estar relacionados ao desenvolvimento da doença ou que possam se tornar úteis para o seu o diagnóstico.Métodos:Foram selecionados pacientes portadores de mutações nos genes PARK2 ou PARK8, além de parkinsonianos não-portadores dessas mutações e controles sadios, sendo cinco pessoas em cada grupo. A expressão gênica global foi analisada por microarray […]

Análise das possíveis interações entre medicamentos e alimento/nutrientes em pacientes hospitalizados

Everton Moraes Lopes, Rumão Batista Nunes de Carvalho, Rivelilson Mendes de Freitas

DOI: 10.1590/s1679-45082010ao1672

RESUMOObjetivos: Avaliar as possíveis interações entre os medicamentos e os alimentos/nutrientes das dietas de pacientes do Hospital Regional Justino Luz do município de Picos, Piauí.Métodos:A amostra foi constituída por 60 prontuários médicos de pacientes internados analisados para verificar a presença ou não de interações entre os medicamentos e os alimentos/nutrientes das dietas prescritas.Resultados:Dos 82 medicamentos prescritos, em todos os períodos, havia 16 (19,5%) com possível interação com a alimentação, totalizando 60 interações entre nutriente/alimentos e medicamentos. Assim, foram identificadas 18 […]

Comunicação e acesso a informações na avaliação da qualidade de assistência multiprofissional a pacientes internados

Leny Vieira Cavalheiro, Paola Bruno de Araújo Andreoli, Nadia Sueli de Medeiros, Telma de Almeida Busch Mendes, Roselaine Oliveira, Júnia Jorge Rjeille Cordeiro, [...]

DOI: 10.1590/s1679-45082010ao1298

RESUMOObjetivo:Avaliar a qualidade de um modelo de assistência a pacientes internados por meio de dois índices de desempenho (comunicação e conhecimento do caso) das equipes multiprofissionais.Métodos:Foi realizado um corte transversal para avaliação do conhecimento dos profissionais a respeito das informações clínicas do paciente e o uso de estratégias de comunicação intraequipe. Foi utilizado o formato de entrevistas feitas com profissionais durante o período de trabalho. Sete categorias profissionais foram entrevistadas e foram sorteados para entrevista 199 prontuários. Foram avaliados 312 […]

Morbidade em recém-nascidos de acordo com a via de parto: um estudo comparativo

Maria Cecilia Santa Cruz Breim, Conceição Aparecida de Mattos Segre, Umberto Gazi Lippi

DOI: 10.1590/s1679-45082010ao1658

RESUMOObjetivo:Analisar comparativamente os efeitos dos tipos de parto sobre a saúde do recém-nascido em maternidade privada da cidade de São Paulo.Métodos:Entre janeiro de 1995 e dezembro de 1998, incluíram-se no estudo transversal retrospectivo todas as pacientes consecutivamente internadas para dar à luz. Foram analisados 8.457 prontuários, excluídas 460 gestações múltiplas e 517 gestantes com afecções obstétricas e/ou clínicas. Foram analisadas as incidências de tocotraumatismo, desconforto respiratório e anoxia, avaliando-se o peso ao nascer, o tipo de parto e a idade […]

Frequência de hemorragia peri-intraventricular e seus fatores associados em recém-nascidos prematuros

Evelyn Arrais Guzman, José Ricardo Dias Bertagnon, Yara Juliano

DOI: 10.1590/s1679-45082010ao1632

RESUMOObjetivo:Identificar a frequência de hemorragia peri-intraventricular e levantar seus fatores associados em recém-nascidos prematuros.Métodos:Realizou-se um estudo transversal com levantamento de prontuários de recém-nascidos prematuros que realizaram ultrassonografia transfontanelar no ano de 2007 em um hospital da periferia da zona sul da cidade de São Paulo.Resultados:Foram encontradas frequência de 50% entre os recém-nascidos prematuros que realizaram ultrassonografia transfontanelar e frequência de 15,35% dentre todos os recém-nascidos prematuros nesse hospital no ano de 2007. Observaram-se, como fatores associados à hemorragia intracraniana estatisticamente […]

Momento do tratamento com surfactante em recém-nascidos de muito baixo peso

Celso Moura Rebello, Luciene Ferreira do Amaral Nacif, Alice D´Agostini Deutsch, Ângela Tavares Paes

DOI: 10.1590/s1679-45082010ao1758

RESUMOObjetivo:Relacionar o momento do tratamento com surfactante com as principais variáveis relacionadas à síndrome do desconforto respiratório do recém-nascido ou à prematuridade.Métodos:Coorte histórica, sendo analisados os dados de recém-nascidos de muito baixo peso (peso de nascimento < 1.500 g) admitidos no período entre 1º de janeiro de 2004 e 30 de junho de 2007, que necessitaram de tratamento com surfactante. Os recém-nascidos foram divididos em três grupos: precoce (tratamento até a segunda hora); intermediário (tratamento entre duas e seis horas); [...]

Impacto da marcha com estimulação elétrica neuromuscular no perfil urodinâmico em pacientes com lesão raquimedular cervical alta

Carlos Arturo Levi D’Ancona, Alberto Clilclet, Lia Yumi Ikari, Renato Jesus Pedro, Walter da Silva Júnior

DOI: 10.1590/s1679-45082010ao1691

RESUMOObjetivo:Avaliar o impacto do treinamento neuromuscular, por estimulação elétrica da marcha, nos parâmetros urodinâmicos de pacientes com bexiga neurogênica.Métodos:A população do estudo compreendeu oito pacientes quadriplégicos do sexo masculino com lesão cervical completa nos níveis C4 a C7. Eles foram submetidos a um treinamento neuromuscular por estimulação elétrica da marcha por seis meses, somente após estimulação dos músculos quadríceps e tibial anterior, por cinco meses, de modo a poder suportar 50% de seu peso corporal (pré-treinamento). Testes urodinâmicos foram feitos […]

1 2 3