526 results

Efeitos da prática de Tai Chi Chuan na cognição de idosas com comprometimento cognitivo leve

Juliana Yumi Tizon Kasai, Alexandre Leopold Busse, Regina Miksian Magaldi, Maria Angela Soci, Priscilla de Moraes Rosa, José Antônio Esper Curiati, [...]

DOI: 10.1590/s1679-45082010ao1470

RESUMOObjetivo:Detectar os efeitos da prática de Tai Chi Chuan na cognição de idosas com comprometimento cognitivo leve.Métodos:Estudo piloto com 26 idosas (média de idade de 74 anos) com comprometimento cognitivo leve. Os instrumentos de avaliação foram: Escala Subjetiva de Queixas de Memória (EQM), Teste Comportamental de Memória de Rivermead (RBMT) e Amplitude de Dígitos Verbal Direta e Indireta (DD e DI, respectivamente) derivadas do Weschler Adult Intelligence Scale (WAIS). Um grupo de 13 pacientes recebeu duas aulas semanais de 60 […]

Estudo histeroscópico e histológico do endométrio de mulheres menopausadas submetidas à ação continuada do raloxifeno

Vanessa Maria Caetano Soares, Braz Martorelli Filho, Luiz Roberto Araujo Fernandes, Umberto Gazi Lippi

DOI: 10.1590/s1679-45082010ao1227

RESUMOObjetivo:Estudar o efeito do raloxifeno sobre a histopatologia endometrial em mulheres menopausadas.Métodos:Foram estudadas 31 pacientes usuárias de raloxifeno (60 mg/dia) por um período de seis meses e que realizaram vídeo-histeroscopias diagnósticas nos ambulatórios de Climatério do Serviço de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital do Servidor Público Estadual “Francisco Morato de Oliveira,” São Paulo, e do Hospital Guilherme Álvaro, da cidade de Santos (SP), de 10 de setembro de 2003 a 22 de junho de 2004. Em todas as pacientes foi […]

Unidade de radiologia intervencionista móvel: inovação e responsabilidade social

Nestor Hugo Kisilevzky, Henrique Elkis, Francielle Aparecida Gusmao

DOI: 10.1590/s1679-45082010ao1468

RESUMOObjetivo:Apresentar os resultados preliminares de um estudo de viabilidade conduzido para determinar o valor de uma unidade de radiologia intervencionista móvel com o objetivo de promover um programa de embolização uterina em mulheres de baixa renda.Métodos:Quarenta pacientes portadoras de miomatose sintomática foram tratadas com embolização uterina. Os procedimentos foram realizados em quatro hospitais públicos localizados na área metropolitana de São Paulo. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Instituição e todos os pacientes assinaram um termo […]

Avaliação da dor na histeroscopia diagnóstica ambulatorial com gás

Daniela Barreto Fraguglia Quental Diniz, Daniella de Batista Depes, Ana Maria Gomes dos Santos, Simone Denise David, Salete Yatabe, Reginaldo Guedes Coelho Lopes

DOI: 10.1590/s1679-45082010ao1342

RESUMOObjetivo:Avaliar a intensidade da dor referida pelas pacientes submetidas à histeroscopia diagnóstica ambulatorial.Métodos:Exame realizado com ótica de 5 mm, espéculo, pinçamento do colo com Pozzi e distensão da cavidade uterina com dióxido de carbono. Antes e depois do exame, as pacientes foram entrevistadas para definir, em uma escala verbal de 0 a 10, valores para expectativa de dor e dor experimentada após seu término, e também se elas repetiriam o exame se houvesse indicação. Os dados foram analisados no Statistical […]

Uveíte autoimune: estudo de terapias para tratamento

Alessandra Gonçalves Commodaro, Luciana de Deus Vieira de Moraes, Denise Vilarinho Tambourgi, Rubens Belfort Jr., Osvaldo Augusto Sant’Anna, Luiz Vicente Rizzo

DOI: 10.1590/s1679-45082010rb1416

RESUMOA uveíte autoimune experimental é uma doença autoimune mediada por células T, órgão-específica e caracterizada por inflamação e subsequente destruição da retina neural e tecidos adjacentes. A inflamação na uveíte autoimune experimental pode ser induzida em roedores pela imunização com antígenos retinianos, tais como a proteína interfotorreceptora ligante de retinoide. Apresentamos aqui uma revisão de estudos experimentais que correlacionam as principais funções imunobiológicas com esta doença crônica e o possível uso de moléculas para o tratamento da uveíte autoimune.

A análise do padrão de reatividade linfonodal no pescoço pN0 pode fornecer alguma informação prognóstica adicional em pacientes com carcinoma epidermoide de laringe?

Gabriel Manfro, Claudio Cernea, Paulo Antônio Silvestre de Faria, Fernando Vaz Agarez, Fernando Luiz Dias, Roberto Araújo Lima, [...]

DOI: 10.1590/s1679-45082010ao1429

RESUMOObjetivo:Avaliar a importância da reatividade linfonodal na recidiva e mortalidade em pacientes com carcinoma epidermoide de laringe estagiados como pT3 ou pT4 pN0 M0.Métodos:Entre 2002 e 2005, foram selecionados 105 pacientes matriculados na Seção de Cirurgia de Cabeça e Pescoço do Instituto Nacional de Câncer (INCA) com o diagnóstico de carcinoma epidermoide de laringe, com estágio III ou IV. A radioterapia foi indicada em 69 casos. Todos os pacientes foram estagiados como pT3 ou pT4 e pN0. Todos os linfonodos […]

1 51 52 53