4 results

Anemia ferropriva grave como manifestaçao inicial de hemossiderose pulmonar em criança

Natália Noronha ORCID logo , Pedro Ramalho ORCID logo , Rogério Barreira ORCID logo , Juliana Roda ORCID logo , Teresa Reis Silva ORCID logo , Miguel Félix ORCID logo

DOI: 10.31744/einstein_journal/2018RC4505

RESUMO A hemossiderose pulmonar idiopática é uma doença potencialmente fatal que cursa com episódios de hemorragia alveolar de etiologia desconhecida. As manifestações clínicas são variadas, e a anemia pode constituir o único sinal de doença, precedendo em vários meses os outros sinais e sintomas. Apresenta-se o caso de criança de 4 anos, com febre, vômitos e prostração, associados à palidez. Apresentava anemia microcítica e hipocrômica, refratária à terapêutica com ferro. A hipótese diagnóstica de sangramento gastrintestinal foi excluída, após investigação […]

O nível sérico de Fas solúvel é preditor da necessidade de transfusão de hemácias em pacientes gravemente enfermos

Ilana Levy Korkes, Gustavo Schvartsman, Ilson Jorge Lizuka, Beata Marie Quinto, Maria Aparecida Dalboni, Maria Eugênia Canziani, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082013000400012

Objetivo:Investigar a relação entre a transfusão de hemácias e os níveis séricos de Fas solúvel, eritropoietina e citocinas inflamatórias em pacientes gravemente enfermos, com e sem insuficiência renal aguda.MÉTODOS:Os seguintes grupos foram estudados: pacientes gravemente enfermos com insuficiência renal aguda (n=30) e sem insuficiência renal aguda (n=13), pacientes portadores de doença renal crônica terminal em hemodiálise (n=25) e indivíduos saudáveis (n=21). Os níveis séricos de Fas solúvel, eritropoietina, interleucina 6, interleucina 10 e ferro, além da concentração de hemoglobina e […]

Sobrecarga de ferro em adolescente com xerocitose: a importância da ressonância nuclear magnética

Reijâne Alves de Assis, Carolina Kassab, Fernanda Salles Seguro, Fernando Ferreira Costa, Paulo Augusto Achucarro Silveira, John Wood, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082013000400022

Relatar um caso de sobrecarga de ferro secundária à xerocitose, uma doença rara, em uma adolescente, diagnosticada por meio de ressonância magnética em T2*. Relatamos o caso de uma paciente sintomática com xerocitose, nível de ferritina de 350ng/mL e sobrecarga de ferro cardíaca significativa. Ela foi diagnosticada por ressonância magnética em T2* e recebeu terapia de quelação. Análise por ectacitometria confirmou o diagnóstico de xerocitose hereditária. Na sequência, a ressonância magnética em T2* demonstrou resolução completa da sobrecarga de ferro […]

Prática de transfusão de concentrado de hemácias em Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica

Cibele Mendes, Dafne Cardoso Bourguignon da Silva, Rodrigo Genaro Arduini, Eduardo Juan Troster

DOI: 10.1590/S1679-45082011AO1884

RESUMO Objetivo: Descrever a população de crianças que recebeu transfusão de glóbulos vermelhos. Métodos: Estudo retrospectivo observacional, realizado no Centro de Terapia Intensiva Pediátrico do Instituto da Criança do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, em 2004, com crianças que receberam transfusão de glóbulos vermelhos. Resultados: A transfusão de glóbulos vermelhos foi realizada em 50% dos pacientes internados. A idade mediana foi de 18 meses e o principal motivo de internação foi insuficiência respiratória […]