Todos as publicações de “Paolo Salvalaggio”

9 results

Efeito da transecção do parênquima hepático associada ou não à ligadura contralateral da veia porta na regeneração hepática

Henrique de Aguiar Wiederkehr, Julio Cesar Wiederkehr, Luiz Martins Collaço, Eros Luiz de Sousa, Paolo Salvalaggio, Caroline Aragão de Carvalho, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082017AO3831

RESUMO Objetivo Analisar a influência da ligadura da tributária da veia porta no estímulo regenerativo hepático por meio de critérios imuno-histoquímicos. Métodos Dez suínos, divididos em dois grupos de cinco animais, foram submetidos à hepatectomia em dois estágios, sendo que os grupos foram diferenciados pela ligadura ou não da tributária da veia porta, responsável pela vascularização dos lobos lateral e medial esquerdos do fígado do suíno. Cinco dias após o procedimento, os animais foram reabordados para retirada de amostras hepáticas […]

Disfunção primária do enxerto hepático: definições, critérios diagnósticos e fatores de risco

Douglas Bastos Neves, Marcela Balbo Rusi, Luiz Gustavo Guedes Diaz, Paolo Salvalaggio

DOI: 10.1590/s1679-45082016rw3585

RESUMOA disfunção primária do enxerto hepático é uma síndrome multifatorial com grande impacto no resultado do transplante de fígado. Foi realizada uma ampla revisão da literatura, consultando a base de dados PubMed, em busca de estudos publicados entre janeiro de 1980 e junho de 2015. Os termos descritivos utilizados foram: “primary graft dysfunction”, “early allograft dysfunction”, “primary non-function” e “liver transplantation”. A disfunção traduz graus diferentes da lesão de isquemia e reperfusão do órgão, e pode se manifestar como disfunção […]

Transplante de pâncreas: revisão

Roberto Ferreira Meirelles Júnior, Paolo Salvalaggio, Alvaro Pacheco-Silva

DOI: 10.1590/S1679-45082015RW3163

RESUMOO transplante vascularizado de pâncreas é o único tratamento que estabelece normoglicemia e normaliza os níveis séricos de hemoglobina glicosilada em pacientes diabéticos tipo 1. O primeiro transplante de pâncreas vascularizado foi realizado para tratar um paciente diabético tipo 1 em dezembro de 1966, por William Kelly e Richard Lillehei. No Brasil, Edison Teixeira realizou o primeiro transplante de pâncreas segmentar isolado em 1968. Até a década de 1980, os transplantes de pâncreas ficaram restritos a poucos centros dos Estados […]

Transplante de fígado: história, resultados e perspectivas

Roberto Ferreira Meirelles Júnior, Paolo Salvalaggio, Marcelo Bruno de Rezende, Andréia Silva Evangelista, Bianca Della Guardia, Celso Eduardo Lourenço Matielo, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082015RW3164

Em 1958, Francis Moore descreveu a técnica do transplante de fígado em cães. Em 1963, Starzl e sua equipe realizaram o primeiro transplante de fígado. Nos primeiros cinco transplante de fígado, nenhum paciente sobreviveu mais que 23 dias. Até 1977, aproximadamente 200 transplante de fígado tinham sido realizados no mundo. Neste período, foi estabelecida a solução de problemas técnicos do transplante de fígado. Calne, em 1979, utilizou, pela primeira vez, a ciclosporina em dois pacientes submetidos ao transplante de fígado. […]

Transplante intestinal e multivisceral

Sérgio Paiva Meira Filho, Bianca Della Guardia, Andréia Silva Evangelista, Celso Eduardo Lourenço Matielo, Douglas Bastos Neves, Fernando Luis Pandullo, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082015RW3155

O transplante de intestino, ao redor do mundo, tem crescido de maneira sólida e consistente nos últimos 10 anos. No final da década de 1990, passou de um modelo experimental para uma prática clínica rotineira no tratamento dos pacientes com complicação severa da nutrição parenteral total com falência intestinal. Nos últimos anos, vários centros têm relatado uma crescente melhora nos resultados de sobrevida do transplante no primeiro ano (ao redor de 80%), porém, a longo prazo, ainda é desafiador. Diversos […]

Desenvolvimento de habilidades laparoscópicas em estudantes de Medicina sem exposição prévia a treinamento cirúrgico

Worens Luiz Pereira Cavalini, Christiano Marlo Paggi Claus, Daniellson Dimbarre, Antonio Moris Cury Filho, Eduardo Aimoré Bonin, Marcelo de Paula Loureiro, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082014AO3237

ObjetivoAvaliar o aprendizado de habilidades laparoscópicas básicas em estudantes de Medicina submetidos a treinamento em um simulador.MétodosEstudantes de Medicina do primeiro e segundo ano participaram de um treinamento de exercícios de laparoscopia em simuladores. Nenhum estudante havia cursado a disciplina de técnica operatória ou teve exposição prévia a cirurgias ou treinamento cirúrgico. Os mesmos tiveram seu tempo coletado antes e após treinamento de 150 minutos. A aquisição de habilidade foi medida comparando tempo e pontuações dos alunos em relação a […]

Alta correlação entre ultrassonografia com contraste de microbolhas, ressonância magnética e histopatologia na avaliação do carcinoma hepatocelular

Marcos Roberto Gomes de Queiroz, Miguel José Francisco Neto, Rodrigo Gobbo Garcia, Antonio Rahal Junior, Paolo Salvalaggio, Marcelo Buarque de Gusmão Funari

DOI: 10.1590/S1679-45082013000400017

Objetivo:Avaliar a eficácia da ultrassonografia com contraste de microbolhas no diagnóstico do carcinoma hepatocelular e comparar seus resultados com os de ressonância magnética e anatomia patológica.MÉTODOS:Foram avaliados 29 hepatopatas crônicos candidatos ao transplante pelo programa de transplante hepático do Hospital Israelita Albert Einstein. Esses pacientes foram submetidos a ressonância magnética, ultrassonografia com contraste de microbolhas e biópsia hepática excisional.RESULTADOS:Houve concordância ótima entre os resultados da ultrassonografia com contraste de microbolhas e aqueles da ressonância magnética. Notou-se concordância moderada entre os […]

Uma proposta para graduar a gravidade de disfunção precoce do enxerto após o transplante de fígado

Paolo Salvalaggio, Rogerio Carballo Afonso, Guilherme Felga, Ben-Hur Ferraz-Neto

DOI: 10.1590/S1679-45082013000100006

Objetivo:Propor um sistema de graduação para a disfunção precoce do enxerto hepático.MÉTODOS:Estudo retrospectivo de um único centro transplantador. Foram incluídos receptores de transplante hepático por doador falecido transplantados pelo sistema MELD. A disfunção precoce do enxerto foi definida segundo os critérios de Olthoff. Diversos pontos de corte para testes de laboratório pós-transplante foram utilizados para criar um sistema de graduação da disfunção precoce do enxerto. O principal desfecho foi a perda do enxerto aos 6 meses.RESULTADOS:O pico de aminotransferases durante […]

O sistema MELD e a mortalidade em lista de espera para transplante de fígado em países em desenvolvimento: lições aprendidas em São Paulo

Paolo Salvalaggio, Rogerio Carballo Afonso, Luiz Augusto Pereira, Ben-Hur Ferraz-Neto

DOI: 10.1590/S1679-45082012000300004

Objetivo:Este estudo foi desenhado para avaliar os resultados da nova política de alocação em relação à mortalidade na lista de espera.MÉTODOS:O banco de dados de transplante hepático do Estado de São Paulo foi revisado de forma retrospectiva, de julho de 2003 até julho de 2009. Os pacientes foram divididos naqueles transplantados antes (Grupo Pré-MELD) e depois (Grupo Pós-MELD) da implementação do sistema MELD (Model for End-stage Liver Disease). Foram incluídos apenas os candidatos adultos para transplante de fígado. O desfecho […]