Todos as publicações de “Mariana Krutman”

5 results

Inserção braquial de cateteres venosos totalmente implantáveis para quimioterapia: complicações e avaliação da qualidade de vida em 35 pacientes

Igor Yoshio Imagawa Fonseca, Mariana Krutman, Kenji Nishinari, Guilherme Yazbek, Marcelo Passos Teivelis, Guilherme André Zottele Bomfim, [...]

DOI: 10.1590/s1679-45082016ao3606

RESUMOObjetivoAvaliar prospectivamente segurança perioperatória, complicações precoces e grau de satisfação de pacientes submetidos ao implante de cateteres centrais de inserção periférica pela veia basílica.Métodos Foram acompanhados prospectivamente e submetidos ao implante de cateteres de longa permanência de inserção periférica, entre novembro de 2013 e junho de 2014, 35 pacientes consecutivos com doença oncológica ativa necessitando de quimioterapia. Os procedimentos foram realizados em centro cirúrgico por uma mesma equipe composta por três cirurgiões vasculares. Os desfechos primários avaliados foram as complicações […]

Uso combinado de endoprótese GORE TAG® e Gore Exculder® para tratamento de aneurisma de aorta abdominal com angulação extrema

Mariana Krutman, Cynthia de Almeida Mendes, Flavio Henrique Duarte, Kenji Nishinari, Nelson Wolosker

DOI: 10.1590/S1679-45082014RC2788

O avanço tecnológico da cirurgia endovascular no tratamento de aneurismas de aorta vem permitindo que uma maior quantidade de pacientes, antes considerados inaptos para essa abordagem, beneficie-se dessa modalidade terapêutica. Apesar da atual disponibilidade de endopróteses com alta conformabilidade, casos com anatomia desfavorável permanecem um desafio para os cirurgiões. Descrevemos um caso anatomicamente desfavorável, resolvido com sucesso pela técnica endovascular, utilizando-se uma manobra não convencional.

Escleroterapia com etanol em malformações venosas da cabeça e pescoço

José Luiz Orlando, José Guilherme Mendes Pereira Caldas, Heloisa Galvão do Amaral Campos, Kenji Nishinari, Mariana Krutman, Nelson Wolosker

DOI: 10.1590/S1679-45082014AO2844

ObjetivoEstudo retrospectivo que analisou os resultados da escleroterapia, com doses baixas de etanol, realizada sob anestesia local para tratamento de malformações venosas na cabeça e pescoço.MétodosForam tratados 51 pacientes, sendo 37 do gênero feminino. A mediana de idade foi de 23 anos. Os pacientes foram tratados com injeções alcoólicas nas lesões, por via percutânea, em sessões quinzenais, e acompanhados prospectivamente por um período mediano de 18 meses. A maioria das lesões acometia a face e a queixa principal mais frequente […]

Análise do tratamento de hiperidrose com oxibutinina em pacientes com mais de 40 anos

Nelson Wolosker, Mariana Krutman, Marcelo Passos Teivelis, Rafael Pessanha de Paula, Paulo Kauffman, Jose Ribas Milanez de Campos, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082014AO2841

Objetivo:Analisar a efetividade da oxibutinina para tratamento da hiperidrose em pacientes com mais de 40 anos.Métodos: Oitenta e sete pacientes com idade superior a 40 anos foram divididos em dois grupos: o primeiro com 48 pacientes (55,2%), com idades entre 40 e 49 anos. O segundo com 39 pacientes (44,8%), com mais de 50 anos (intervalo: 50 a 74 anos). Uma análise comparativa da Qualidade de Vida e do nível de hiperidrose entre os grupos foi realizada 6 semanas após […]

Oxibutinina para tratamento de hiperidrose: análise comparativa entre gêneros

Nelson Wolosker, Mariana Krutman, Taiz Pereira Donozo Almeida Campdell, Paulo Kauffman, Jose Ribas Milanez de Campos, Pedro Puech-Leão

DOI: 10.1590/S1679-45082012000400002

Objetivo:Avaliar os resultados do tratamento com baixas doses de oxibutinina em homens e mulheres com hiperidrose palmar e axilar.MÉTODOS:Análise retrospectiva de 395 mulheres e 170 homens acompanhados em nosso serviço com queixa de hiperidrose palmar e plantar, submetidos a um protocolo de 12 semanas de tratamento com oxibutinina. Melhora clínica da hiperidrose e da qualidade de vida foram estudadas por meio de um questionário específico, aplicado antes e após o tratamento.RESULTADOS:Dentre os pacientes em ambos os grupos, 70% apresentaram melhoria […]