Todos as publicações de “Maria Giselda Aravechia”

3 results

Frequência alélica e haplotípica dos antígenos plaquetários e leucocitários humanos em doadores de plaquetas

Valeria de Freitas Dutra ORCID logo , Carolina Bonet Bub ORCID logo , Thiago Henrique Costa ORCID logo , Leandro Dinalli Santos ORCID logo , Eduardo Peres Bastos ORCID logo , Maria Giselda Aravechia ORCID logo , [...]

DOI: 10.31744/einstein_journal/2019AO4477

RESUMO Objetivo Descrever as frequências alélicas e haplotípicas de genes dos antígenos leucocitários humanos nos loci -A,- B e dos antígenos plaquetários humanos para os sistemas HPA-1 a 9, 11 e 15. Métodos Foram incluídos 867 doadores voluntários, saudáveis, não relacionados, que doaram plaquetas por aférese entre janeiro de 2011 e dezembro de 2014. A genotipagem foi realizada usando microarray BeadChip. A tipificação de resolução intermediária dos antígenos leucocitários humanos loci A e B foi realizada por meio de hibridização […]

Sucesso no manejo da trombocitopenia aloimune neonatal na segunda gestação: relato de caso

Fabiana Mendes Conti, Sergio Hibner, Thiago Henrique Costa, Marcia Regina Dezan, Maria Giselda Aravechia, Ricardo Antonio D’Almeida Pereira, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082014RC2729

A púrpura trombocitopênica neonatal aloimune é uma doença grave, na qual a mãe produz anticorpos contra antígenos plaquetários fetais herdados do pai, e é ainda subdiagnosticada na prática clínica. É considerada o equivalente plaquetário da doença hemolítica do recém-nascido, com a diferença que o primeiro filho é afetado, apresentando trombocitopenia fetal e/ou neonatal. Há risco significativo de hemorragia intracraniana e sequelas neurológicas graves, com tendência a trombocitopenia mais grave e mais precoce nas gestações subsequentes. Este artigo relata um caso […]

Incidência de aloimunização eritrocitária em pacientes poli transfundidos

Roberto de Oliveira Cruz, Mariza Aparecida Mota, Fabiana Mendes Conti, Ricardo Antônio d'Almeida Pereira, Jose Mauro Kutner, Maria Giselda Aravechia, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082011AO1777

RESUMO Objetivo: Determinar a incidência e a taxa de aloimunização eritrocitária em pacientes politransfundidos. Métodos: Foram classificados como politransfundidos todos os pacientes que receberam no mínimo 6 unidades de concentrado de hemácias no período de 3 meses. Foram examinados retrospectivamente os prontuários de todos os pacientes (n = 12.904) que receberam transfusões de unidades de hemácias procurados nas bases de dados computadorizados do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo (SP), no período de 6 anos, entre 2003 e 2009. […]