Todos as publicações de “Marcelo Luiz Campos Vieira”

6 results

Endocardite por Streptococcus gallolyticus em portadora de lúpus eritematoso sistêmico: avaliação pelo ecocardiograma tridimensional

Rudyney Eduardo Uchôa de Azevedo, Ana Clara Tude Rodrigues, Lucas Arraes de França, Maria Luciana Zacarias Hannouche da Trindade, Marcelo Luiz Campos Vieira, Claudio Henrique Fischer, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082013000300020

Mulher de 42 anos foi encaminhada ao hospital com história de febre e queda do estado geral há 30 dias. À admissão, apresentava taquicardia e sopro sistólico na região apical. Os exames de laboratório mostraram leucocitose com 13.100/mL, hemoglobina 8,4g/dL e anticorpos positivos para lúpus eritematoso sistêmico (anti-Ro/SSA, anti-La/SSB, anticardiolipina e anticorpo antinuclear); hemocultura foi positiva para Streptococcus gallolyticus. Foi realizado um ecocardiograma transesofágico tridimensional, que mostrou múltiplas vegetações na valva mitral, com perfuração do folheto e refluxo importante, além […]

Ecocardiografia com contraste no infarto do miocárdio

Maria Luciana Zacarias Hannouche da Trindade, Marcelo Luiz Campos Vieira, Ana Clara Tude Rodrigues, Miguel José Francisco Neto, Claudio Henrique Fischer, Samira Saady Morhy

DOI: 10.1590/S1679-45082013000300023

Os contrastes ecocardiográficos à base de microbolhas estão aprovados para várias situações da prática clínica. Novos softwares, como a imagem em segunda harmônica e o power pulse inversion, podem melhorar a visualização do contraste no exame ecocardiográfico. Neste artigo, discutem-se o início da prática da ecocardiografia com contraste, as novas tecnologias que ajudam na aquisição e melhora da imagem, e seu uso no infarto do miocárdio.

Calcificação caseosa do anel mitral: relato de caso

Lucas Arraes de França, Ana Clara Tude Rodrigues, Marcelo Luiz Campos Vieira, Wércules Antônio Alves de Oliveira, Rudyney Eduardo Uchôa de Azevedo, Adriana Cordovil, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082013000300019

Relatamos um caso raro de provável calcificação caseosa do anel mitral. Essa patologia é mais frequentemente encontrada em mulheres assintomáticas e com idade acima de 70 anos. O reconhecimento dessa imagem é importante, primeiramente devido à ecocardiografia ser a forma mais fácil para elucidação diagnóstica e também por ela ser comumente confundida com outras massas, como tumores, trombos e vegetações, entidades mais comuns. Habitualmente, apresenta evolução benigna e seu correto diagnóstico é fundamental para evitar intervenções cirúrgicas desnecessárias.

Cirurgia robótica em Cardiologia: um procedimento seguro e efetivo

Robinson Poffo, Alisson Parrilha Toschi, Renato Bastos Pope, Alex Luiz Celullare, Anderson Benício, Claudio Henrique Fischer, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082013000300007

Objetivo:Avaliar os resultados em curto e médio prazo dos pacientes submetidos à cirurgia cardíaca minimamente invasiva robô-assistida.MÉTODOS:De março de 2010 a março de 2013, 21 pacientes foram submetidos à cirurgia cardíaca robô-assistida. Os procedimentos realizados foram: plastia valvar mitral, troca valvar mitral, cirurgia de correção da fibrilação atrial, correção cirúrgica da comunicação interatrial, ressecção de tumor intracardíaco, revascularização do miocárdio totalmente endoscópica e pericardiectomia.RESULTADOS:A idade média foi de 48,39±18,05 anos. O tempo médio de circulação extracorpórea foi de 151,7±99,97 minutos, […]

Avaliação prognóstica do tromboembolismo pulmonar por ecocardiograma com Doppler tecidual e peptídeo atrial natriurético tipo B

Ana Clara Tude Rodrigues, Adriana Cordovil, Cláudia Gianini Mônaco, Laise Antônia Bonfim Guimarães, Wércules Antônio Alves de Oliveira, Claudio Henrique Fischer, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082013000300013

Objetivo:Avaliar o prognóstico do tromboembolismo pulmonar usando o ecocardiograma com Doppler tecidual e o peptídeo atrial natriurético.MÉTODOS:Pacientes com idade acima de 18 anos foram avaliados pelo ecocardiograma bidimensional e Doppler tecidual para medidas das velocidades miocárdicas (s’), strain e índice de performance miocárdica do ventrículo direito até 24 horas da confirmação diagnóstica do tromboembolismo pulmonar (tomografia/ cintilografia), sendo também o peptídeo atrial natriurético obtido até 24 horas. A influência das variáveis na mortalidade até 1 ano foi testada pela regressão […]

Relação entre a análise bioquímica e ecocardiográfica tridimensional e bidimensional em pacientes com infarto do miocárdio com supradesnivelamento do segmento ST tratados por via percutânea

Marcelo Luiz Campos Vieira, Wercules Antônio Oliveira, Alexandre Ferreira Cury, Adriana Cordovil, Ana Clara Tude Rodrigues, Gustavo Alberto Frazatto Naccarato, [...]

DOI: 10.1590/s1679-45082010ao1438

RESUMOObjetivo:O prognóstico dos pacientes portadores de infarto agudo do miocárdico depende de múltiplos aspectos que espelhem o grau de agressão ao miocárdio (como marcadores enzimáticos de necrose miocárdica), assim como dos mecanismos de adaptação ao evento agudo. O objetivo do estudo foi verificar a associação entre os achados bioquímicos e ecocardiográficos derivados da análise ecocardiográfica transtorácica tridimensional (ECO 3D) com a fração de ejeção do ventrículo esquerdo (ECO 2D) em pacientes acometidos por infarto agudo do miocárdio com supradesnivelamento do […]