Todos as publicações de “Manoel Carlos Prieto Velhote”

4 results

Monitorando e tratando fetos com gastrosquise utilizando o Svetliza Reducibility Index (SRI) e o procedimento EXIT-like – uma nova abordagem

Manoel Carlos Prieto Velhote

DOI: 10.1590/S1679-45082017ED4238

A Medicina e as ciências em geral somente avançam graças a novas ideias, que, para serem aceitas, devem ser testadas de acordo com as normas da academia. Estima-se que, de cada cem ideias novas e criativas, poucas trarão efetivamente alguma contribuição e melhoria. Porém lembrando Thomas Alva Edison “Sempre existe uma maneira melhor de fazer as coisas. Descubra-a!”.() Por isto, não se devem desprezar, a priori, ideias novas, desde que lógicas e coerentes. O artigo ora em análise() baseia-se e […]

Reações do acompanhante diante dos procedimentos pré-operatórios em cirurgia pediátrica ambulatorial

André Bohomol Velhote, Elena Bohomol, Manoel Carlos Prieto Velhote

DOI: 10.1590/S1679-45082016AO3624

RESUMOObjetivo:Identificar as reações dos acompanhantes de crianças submetidas à cirurgia ambulatorial.Métodos:Estudo survey descritivo/ exploratório, de caráter quantitativo, realizado em dois hospitais com 62 acompanhantes que responderam um questionário semiestruturado.Resultados:Constatou-se que a maioria dos acompanhantes era formada por mães (88,7%) e permaneceu em jejum junto das crianças. Todos os acompanhantes referiram sentimentos identificados como nervosismo, ansiedade e preocupação..Conclusão:A orientação médica aos procedimentos pré-operatórios foi de grande importância, não somente para o cuidado da criança, mas também do acompanhante, visando diminuir ao […]

Fístula intestinal após ingestão de magnetos

Maurício Macedo, Manoel Carlos Prieto Velhote, Rafael Forti Maschietto, Renata Dejtiar Waksman

DOI: 10.1590/S1679-45082013000200018

A ingestão acidental de corpo estranho magnético tem sido mais observada, devido à disponibilidade cada vez maior de brinquedos e objetos com imãs. A maioria deles é eliminada pelo trato digestivo espontaneamente. Porém, a ingestão de duas ou mais peças podem desencadear situações de resolução cirúrgica. Relatamos aqui o caso de uma menina de 18 meses que desenvolveu fístula intestinal após a ingestão de 2 peças imantadas.

Volvo de intestino delgado após apendicectomia laparoscópica

Maurício Macedo, Manoel Carlos Prieto Velhote

DOI: 10.1590/S1679-45082012000100022

Relato do caso de uma criança de 13 anos de idade submetida à apendicectomia laparoscópica e que, no pós-operatório, desenvolveu quadro de obstrução intestinal, decorrente de um volvo de intestino delgado, na ausência de má rotação intestinal.