Todos as publicações de “Fabio Pires de Souza Santos”

5 results

Consenso Brasileiro de Nutrição em Transplante de Células-Tronco Hematopoiéticas: Idosos

Sandra Elisa Adami Batista Gonçalves ORCID logo , Andreza Alice Feitosa Ribeiro ORCID logo , Erika Yuri Hirose ORCID logo , Fabio Pires de Souza Santos ORCID logo , Flávia Munhoz Ferreira ORCID logo , Ludmila de Oliveira Muniz Koch ORCID logo , [...]

DOI: 10.31744/einstein_journal/2019AE4340

RESUMO O Consenso Brasileiro de Nutrição em Transplante de Células-Tronco Hematopoiéticas: Idoso foi elaborado com a participação de nutricionistas, médicos nutrólogos e médicos hematologistas de 15 centros brasileiros referência em transplante de células-tronco hematopoiéticas, com o objetivo de salientar a importância do estado nutricional e da composição corporal durante o tratamento, bem como as principais características relacionadas à avaliação nutricional do paciente. As intenções, ao se estabelecer o consenso, foram aprimorar e padronizar a terapia nutricional durante o transplante de […]

Tratamento bem-sucedido de leucemia mieloide aguda recorrente após transplante com duplicação interna em tandem FLT3 usando combinação de indução por quimioterapia, infusão de linfócitos de doador, soferanib e azacitidina. Relato de três casos

Paulo Vidal Campregher, Vinicius Renan Pinto de Mattos, Marco Aurélio Salvino, Fabio Pires de Souza Santos, Nelson Hamerschlak

DOI: 10.1590/S1679-45082017RC3784

RESUMO A leucemia mieloide aguda é uma doença neoplásica de células-tronco hematopoiéticas com alta morbimortalidade. A presença de mutações de duplicação em tandem de FLT3 leva a altas taxas de recorrência e a menor sobrevida global. Os pacientes com duplicação em tandem de FLT3 são normalmente tratados com transplante de células-tronco hematopoiéticas na primeira remissão completa. No entanto, a incidência de recidiva pós-transplante é considerável neste grupo de pacientes, e a conduta, nestes casos, é um desafio. O relato descreve […]

Normalização da contagem de linfócitos após dose ablativa de I-131 em um paciente com leucemia linfóide crônica e carcinoma papilífero da tireóide. Relato de caso

Anneliese Rosmarie Gertrud Fischer Thom, Nelson Hamerschlak, Verônica Goes Teles, Akemi Osawa, Fabio Pires de Souza Santos, Denise da Cunha Pasqualin, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082014RC2657

Os autores relatam o caso de um paciente de 70 anos com leucemia linfóide crônica que apresentou subsequentemente um carcinoma papilífero da tireóide com metástases para linfonodos regionais. O paciente foi tratado com tireoidectomia total cirúrgica com exérese de linfonodos regionais e cervicais e radioiodoterapia (I-131). A pesquisa de corpo inteiro protocolar de controle 4 dias após a dose radioativa mostrou captação de I-131 em ambas as axilas e mesmo nas regiões inguinais. PET/CT mostrou discreta captação de FDG-F-18 em […]

Uso de gemtuzumabe ozogamicina combinado com quimioterapia convencional em pacientes com leucemia mieloide aguda

Guilherme Fleury Perini, Fabio Pires de Souza Santos, Iracema Esteves, Claudia Mac-Donald Bley do Nascimento, Morgani Rodrigues, Reijane Alves de Assis, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082011AO1987

RESUMO Objetivo: Analisar a evolução de pacientes tratados com gemtuzumabe ozogamicina combinado à terapêutica convencional no Hospital Israelita Albert Einstein. Métodos: 14 pacientes que tinham alto risco (leucemia secundária, citogenética desfavorável e doença refratária) foram tratados com gentuzumabe ozogamicina associado à terapêutica convencional, e sua evolução foi analisada por meio de seus prontuários médicos. Resultados: A taxa total de resposta foi de 58%, com 43% chegando a resposta completa, em acompanhamento médio de 11 meses, e três meses com intervalo […]

Leucemia mieloide aguda: atualidade brasileira de diagnóstico e tratamento

Ricardo Helman, Fabio Pires de Souza Santos, Belinda Simões, Elias Hallack Atta, Fernando Callera, Jane de Almeida Dobbin, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082011AO1853

RESUMO Objetivo: Identificar como centros de hematologia brasileiros trataram e diagnosticaram os casos de leucemia mieloide aguda no ano de 2009. Métodos: Estudo epidemiológico, observacional, multicêntrico de 11 centros brasileiros cadastrados para tratamento de leucemia mieloide aguda e transplante de medula óssea. Os dados foram coletados a partir de prontuários de pacientes com leucemia mieloide aguda tratados nos centros citados entre os anos de 2005 e 2009. Foi avaliada a disponibilidade para realização de exames de imunofenotipagem e citogenética nos […]