Todos as publicações de “Daniella de Batista Depes”

6 results

Experiência inicial com a oclusão tubária por via histeroscópica (Essure®)

Daniella De Batista Depes, Ana Maria Gomes Pereira, Umberto Gazi Lippi, João Alfredo Martins, Reginaldo Guedes Coelho Lopes

DOI: 10.1590/S1679-45082016AO3717

RESUMOObjetivoAvaliar os resultados das primeiras oclusões tubárias realizadas pela via histeroscópica (Essure®).Métodos Estudo prospectivo com 38 pacientes, sendo 73,7% caucasianas, com média de idade de 34,5 anos, e com 3 gestações e 2,7 partos em média. Do total, 86,8% das pacientes fizeram preparo prévio do endométrio. Todos os procedimentos foram ambulatoriais e sem anestesia.Resultados A taxa de inserção do dispositivo foi de 100%, com tempo médio de 4 minutos e 50 segundos. Segundo a Escala Visual Analógica, a dor média […]

Análise da medida da espessura endometrial pela ultrassonografia transvaginal em pacientes obesasAnalysis of endometrial thickness measured by transvaginal ultrasonography in obese patients

Isabela Corrêa Barboza, Daniella de Batista Depes, Ilzo Vianna Júnior, Marisa Teresinha Patriarca, Raquel Martins Arruda, João Alfredo Martins, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082014AO2838

ObjetivoRelacionar os valores do eco endometrial obtidos à ultrassonografia transvaginal com o índice de massa corporal de pacientes na pós-menopausa; verificar se existe maior prevalência de espessamento endometrial naquelas com índice de massa corporal ≥30.MétodosTrata-se de estudo analítico, transversal, que avaliou 294 pacientes. As pacientes incluídas estavam na pós-menopausa; foram excluídas aquelas que faziam uso de terapia hormonal. As variáveis avaliadas foram o índice de massa corporal, sendo considerado obesidade quando acima de 30, o número de gestações, o número […]

Lesões precursoras e câncer em pólipos do endométrio de pacientes submetidas à polipectomia histeroscópica

Marco Antonio Lenci, Vanessa Alessandra Lui do Nascimento, Ana Beatriz Grandini, Walid Makin Fahmy, Daniella de Batista Depes, Fausto Farah Baracat, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082014AO2764

Objetivo:Avaliar a incidência de lesões precursoras e câncer em pólipos do endométrio de pacientes submetidas à polipectomia histeroscópica.Métodos: Análise dos resultados de 1.020 exames anatomopatológicos de pacientes submetidas, em hospital público, à polipectomia histeroscópica, e achados em suas histeroscopias diagnóstica e cirúrgica. Em termos de estado menstrual, 295 (28,9%) pacientes encontravam-se na menacme. Do total, 193 (65,4%) apresentavam sangramento uterino anormal e 102 (34,6%) eram assintomáticas, com alteração da medida do eco endometrial à ultrassonografia transvaginal. Das 725 (71,1%) pacientes […]

Esterilização histeroscópica de paciente com dispositivo intrauterino Mirena®

Daniella De Batista Depes, Ana Maria Gomes Pereira, Salete Yatabe, Reginaldo Guedes Coelho Lopes

DOI: 10.1590/S1679-45082013000100019

A esterilização tubária é o procedimento definitivo mais utilizado no mundo para controle da fecundidade. A ligadura laparoscópica é segura, porém invasiva e com possíveis riscos cirúrgicos e anestésicos. A via histeroscópica permite a oclusão tubária em ambiente ambulatorial, sem incisões ou anestesia. Um microdispositivo (Essure®) é inserido diretamente no interior das tubas e suas fibras internas de poliéster causam sua obstrução em até 3 meses. Durante esse período, deve ser mantido o método contraceptivo temporário utilizado pela paciente. Várias […]

Polipectomia endometrial histeroscópica: tratamento ambulatorial versus convencional

Angela Mendes Bergamo, Daniella de Batista Depes, Ana Maria Gomes Pereira, Taciana Cristina Duarte de Santana, Umberto Gazi Lippi, Reginaldo Guedes Coelho Lopes

DOI: 10.1590/S1679-45082012000300012

Objetivo:Comparar resultados da polipectomia histeroscópica endometrial efetuada ambulatorialmente, sem anestesia, com polipectomia histeroscópica convencional sob anestesia, em centro cirúrgico, avaliando taxa de sucesso, tempo de procedimento e complicações. Mensurar dor aferida pela paciente nos dois grupos.MÉTODOS:Estudo transversal observacional de 60 pacientes com diagnóstico histeroscópico de pólipo endometrial divididas em dois grupos: Grupo Ambulatorial, composto por pacientes submetidas à polipectomia histeroscópica ambulatorial, utilizando-se pinça endoscópica em histeroscópio operatório ambulatorial de fluxo contínuo, por meio de vaginoscopia sem anestesia, e Grupo Convencional […]

Avaliação da dor na histeroscopia diagnóstica ambulatorial com gás

Daniela Barreto Fraguglia Quental Diniz, Daniella de Batista Depes, Ana Maria Gomes dos Santos, Simone Denise David, Salete Yatabe, Reginaldo Guedes Coelho Lopes

DOI: 10.1590/s1679-45082010ao1342

RESUMOObjetivo:Avaliar a intensidade da dor referida pelas pacientes submetidas à histeroscopia diagnóstica ambulatorial.Métodos:Exame realizado com ótica de 5 mm, espéculo, pinçamento do colo com Pozzi e distensão da cavidade uterina com dióxido de carbono. Antes e depois do exame, as pacientes foram entrevistadas para definir, em uma escala verbal de 0 a 10, valores para expectativa de dor e dor experimentada após seu término, e também se elas repetiriam o exame se houvesse indicação. Os dados foram analisados no Statistical […]