Todos as publicações de “Claudia Talerman”

3 results

Estimulação elétrica neuromuscular do quadríceps após artroplastia total de joelho: uma revisão sistemática

Helena Bruna Bettoni Volpato, Paulo Szego, Mario Lenza, Silvia Lefone Milan, Claudia Talerman, Mario Ferretti

DOI: 10.1590/S1679-45082015RW3140

RESUMOO objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da estimulação elétrica neuromuscular em pacientes submetidos à artroplastia total de joelho. Esta foi uma revisão sistemática sem restrição de idioma ou status de publicação. Nossa pesquisa foi realizada na biblioteca Cochrane, MEDLINE, Embase e LILACS. Foram incluídos ensaios clínicos randomizados ou quase-randomizados, avaliando a estimulação elétrica neuromuscular após a artroplastia total de joelho. Quatro estudos com risco de viés moderado e de baixo poder estatístico foram incluídos, totalizando 376 participantes. Não […]

Delineamento de um instrumento para medir a qualidade da assistência da Fisioterapia

Leny Vieira Cavalheiro, Raquel Afonso Caserta Eid, Claudia Talerman, Cristiane do Prado, Fátima Cristina Martorano Gobbi, Paola Bruno de Araujo Andreoli

DOI: 10.1590/S1679-45082015GS3248

RESUMOObjetivo:Delinear um instrumento composto de domínios que demonstrassem a atividade da área da Fisioterapia e que gerassem um índice consistente, capaz de representar a qualidade da assistência fisioterapêutica.Métodos:Para o delineamento do instrumento, utilizamos a metodologia denominada Lean Seis Sigma. A discussão envolveu sete grupos de gestão diferentes e desta equipe de trabalho. Por meio das ferramentas de brainstorm e Matriz de Causa e Efeito, montamos o mapa do processo.Resultados:Cinco requisitos constituíram o índice de qualidade de assistência da Fisioterapia, após […]

Adequação do uso do oxigênio por meio da oximetria de pulso: um processo importante de segurança do paciente

Telma de Almeida Busch Mendes, Paola Bruno de Araújo Andreoli, Leny Vieira Cavalheiro, Claudia Talerman, Claudia Laselva

DOI: 10.1590/S1679-45082010AO1377

RESUMO Objetivo: Avaliar a oxigenação dos pacientes por meio da oximetria de pulso, evitando a hipóxia (cujo dano é rápido e grave) e a hiperóxia, evitando o desperdício. Métodos: Foi realizado um cálculo de amostra com margem de erro em 7% e intervalo de confiança de 95%. Os fisioterapeutas foram orientados a checar a oximetria de pulso de todos os pacientes com prescrição de fisioterapia, respeitando o número de atendimentos programados. Resultados: Foram avaliados 129 pacientes. A hiperóxia predominou nos […]